Animais em presépios? ‘Não é aceitável e é completamente desnecessário’

Animais em presépios? ‘Não é aceitável e é completamente desnecessário’
Foto: Global Imagens

O líder do PAN (partido político português) criticou, no domingo à noite, a utilização de animais para recriar o estábulo de um presépio vivo num programa televisivo. “Foi mais um exemplo de sujeição de animais a contextos que lhes são estranhos e inadequados, e que violam o seu bem-estar”, atirou.

Em causa está o uso de animais na emissão especial de ‘Noite de Cristina’, na antena da TVI, que tem espoletado várias críticas nas redes sociais.

André Silva também não poupou críticas à organização do programa, defendendo que “a sujeição de um bovino habituado a estar em regime extensivo a uma deslocação forçada para um local desconhecido que não lhe fornece as mínimas condições para que expresse os seus comportamentos naturais, onde irá ser constantemente agredido pelo ruído extremo, pelas luzes intensas, pela falta de locais de refúgio e sem respeito pelos seus horários e necessidades, não é aceitável e é completamente desnecessária”.

O líder partidário, numa publicação na rede social Facebook, vinca ainda que os “animais não são coisas. São seres sencientes, ou seja, têm a capacidade de sentir”.

E as “sensações como a dor ou a agonia, ou as emoções, como o medo ou a ansiedade, são estados subjetivos próximos do pensamento e estão presentes na maior parte das espécies animais, nos bovinos de certeza. Que o espírito natalício nos aproxime de todos aqueles que a ciência diz serem capazes de sentir”.

Sublinhe-se que entre as pessoas presentes no estúdio estava também uma criança, que teve de ser retirada do local por um elemento da produção quando a vaca ficou agitada. André Silva termina afirmando que, “se a criança ou outra pessoa tivessem sido feridas, já sabemos que a culpa seria da vaca.

Fonte: Notícias ao Minuto / mantida a grafia lusitana original 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.