Animais encontrados em Imperatriz (MA) não são mais devolvidos ao IBAMA

Animais encontrados em Imperatriz (MA) não são mais devolvidos ao IBAMA

Em média, 60 bichos são capturados por mês. Captura de animais silvestres é uma das tarefas dos Bombeiros Militares.

MA imperatriz ibama32323 

Por causa do fechamento do Centro de Triagem, animais silvestres encontrados em Imperatriz não serão mais devolvidos ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA). Como o número de ocorrências do tipo é alto, o corpo de bombeiros alerta sobre o que fazer.

A captura de animais silvestres, como as cobras que, quase sempre, surgem nos riachos, é uma das tarefas atribuídas ao Comando do Tercerio Grupamento de Bombeiros Militares.

Para estes casos, onde os bichos chegam a invadir as áreas urbanas, a recomendação é pedir ajuda a ter que correr riscos, mesmo não sendo um animal peçonhento. “Há um risco muito grande, por mais que a cobra não seja venenosa, mas ela pode carregar várias bactérias”, explica o Comandante do Corpo de Bombeiros, Wibirajá Figueiredo.

Ainda de acordo com o Comando, são registradas, em média, 60 ocorrências por mês, onde os bichos são capturados com segurança. O problema é que antes, por meio de uma parceria com o Ibama, os animais tamanduás passavam por uma triagem, e após a reabilitação era devolvidos a natureza.

A diferença é que agora, os bombeiros não podem mais encaminhar os animais ao Ibama, em cumprimento a uma medida administrativa. “Houve uma mudança operacional do órgão e que ele não iria mais dispor desse serviço”, explica o Comandante.

Fonte: G1

Nota do Olhar Animal: Para que serve o IBAMA? Dar permissões de caça a hordas de psicopatas sedentos por sangue? Atrapalhar o trabalho sério de instituições que realmente se importam em defender os animais, impondo-lhes burocracia? Cabide de empregos? É um órgão que há muito tempo merece uma profunda investigação, constante alvo de denúncias de corrupção que é. Outro ponto a ser investigado é o desmanche que o órgão vêm sofrendo há anos, com o objetivo claro de que não seja um empecilho para projetos empresariais, que destróem os ambientes naturais e vitimam os animais. Quanto a “invasão” das áreas urbanas por animais silvestres, ele ocorre como consequência pela invasão humana e destruição de seus habitats.

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.