Animais envenenados e abandonados são salvos pelo serviço de resgate em Penha, SC

Animais envenenados e abandonados são salvos pelo serviço de resgate em Penha, SC

O Instituto do Meio Ambiente de Penha (IMAP) segue com serviços relacionados ao bem-estar animal, sendo castrações, atendimentos clínicos e resgate. Na última terça-feira, dia 18, foi realizado o resgate de cadela grávida de três filhotes, que estava abandonada no bairro Nossa Senhora de Fátima. Para o serviço, o Grupo de Operação e Resgate (GOR) agiu rapidamente no recolhimento da fêmea e realizou o parto de três filhotes.

Nesta quinta-feira, dia 20, a cadela se encontra estável, amamentando seus dois filhotes na Clínica Vida Pets. Um filhote foi alimentado por 24h, mas infelizmente não resistiu. O superintendente do IMAP, Everaldo Lourival Francisco, explica os próximo passos em relação aos cães.

“Os profissionais da clínica aguardam os filhotes crescerem de forma saudável e a mãe estar 100% estável, para, em um segundo momento, quando ela não estiver mais amamentando, ser feita a castração e os cães irem para adoção no GOR”, pontua.

Também no bairro Nossa Senhora de Fátima, outra cadela com dois filhotes também foi recolhida na rua, após pedido de auxílio de uma protetora. Os animais foram resgatados e no momento estão sob cuidados dos profissionais na Clínica Vida Pets.

Outros três casos que chamam atenção são os que envolvem envenenamento – sendo duas cadelas e um gato. Nessas situações, os animais foram levados à clínica credenciada, e felizmente, foram salvos. A equipe do IMAP reforça que envenenar animais é crime e o infrator, se identificado, responde criminalmente pelo ato, podendo cumprir pena de 2 a 5 anos de reclusão e multa.

Desde a retomada do serviço, no dia 20 de junho, foram realizadas 300 castrações, 24 atendimentos clínicos completos (consulta, procedimento cirúrgico, internação) de animais com tutores de baixa renda, 16 atendimentos clínicos de animais de rua, além de cirurgias ortopédicas, vacinas, consultas, exames de imagem, raio x e laboratoriais e 5 ocorrências de resgate.

No momento, há 17 animais na casa de Passagem, que permanece aberto, de segunda à sábado, das 14h às 17h, para visitação e adoção dos animais. O GOR é localizado na Estrada Geral do Morro Alto, nº 539, bairro São Braz, em Balneário Piçarras.

Serviço de resgate

Além do serviço de resgate, o GOR atua também na fiscalização de maus tratos todos os dias, das 08h às 19h, exceto nos feriados nacionais. As denúncias podem ser feitas via protocolo ou presencialmente no IMAP (Rua Duque de Caxias, 54 – Centro) e o GOR pode ser acionado através de ligações pelo contato (47) 9 99651-9961.

“Lembrando que apenas os animais acidentados, vítima de maus tratos e doentes serão resgatados. Animais saudáveis não serão recolhidos neste primeiro momento”, explica Everaldo.

Castrações e atendimento clínico

O município também já realiza 150 castrações gratuitas por mês. Para realizar o cadastro do animal, basta comparecer até o IMAP, com o CPF, comprovante de residência e título de eleitor de Penha.

Além das castrações, também há duas clínicas conveniadas para atendimentos veterinários gratuitos para população de baixa renda: Quatro Patas e Vida Pets. Os atendimentos serão divididos de duas formas: para animais com tutores de baixa renda e animais de rua.

Para realizar o atendimento em uma das clínicas, os tutores de baixa renda devem comparecer até o IMAP, no qual a situação será avaliada e concedida a autorização, em caso de urgência.

Para os animais de rua, os atendimentos são ilimitados e você pode acionar o GOR em caso de animais de rua acidentados, doentes e feridos.

Por Lyandra Machado

Fonte: No Ponto SC

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.