Animais marinhos resgatados são devolvidos ao mar no Litoral Sul do RS

Animais marinhos resgatados são devolvidos ao mar no Litoral Sul do RS
Pesquisadores no momento em que os animais eram devolvidos (Foto: Reprodução/RBS TV)

Com a proximidade da primavera, aumenta o movimento de turistas no Litoral Sul do estado, onde os animais marinhos são uma atração. Quatro lobos-marinhos e duas tartarugas apareceram na praia do Cassino, em Rio Grande, e foram devolvidos ao mar depois de receberem cuidados especiais na quarta-feira (5).

VÍDEO: Lobos marinhos e tartarugas são encontrados na Praia do Cassino, em Rio Grande

Eles haviam sido encontrados na praia há cerca de um mês por pesquisadores do Núcleo de Educação e Monitoramento Ambiental.

Os quatro lobos-marinhos estavam desabilitados e foram levados para o Centro de Recuperação de Animais Marinhos da Universidade Federal de Rio Grande (Cram/Furg), onde foram hidratados e alimentados.

“Eles chegam, são pesados, se coleta o sangue, se vê como estão os parâmetros, e a gente começa sempre com a hidratação, alimentação forçada, de papa, e posterior de peixe também. E cada animal, dependendo do caso, tem o seu tratamento com antibiótico”, diz a oceanóloga do CRAM Andréa Adornes.

“Sempre os animais saudáveis são um reflexo de um ambiente saudável, no momento em que esses animais estão escolhendo esse ponto para descansar, e depois para continuar a sua jornada, a gente consegue ver que é um ambiente que é bom ainda. Os animais não iriam para um local que não fosse apropriado para eles”, afirma o ecólogo Projeto Pinípedes do Sul/Nema Leonardo Martí.

Tanto os lobos-marinho quanto as tartarugas-verdes costumam buscar alimentos na costa do Rio Grande do Sul, por isso é comum que apareçam nesta época do ano.

Quatro lobos-marinhos voltaram para o mar (Foto: Reprodução/RBS TV)
Quatro lobos-marinhos voltaram para o mar (Foto: Reprodução/RBS TV)

O Núcleo de Educação e Monitoramento Ambiental monitora a região, e encontra até espécies raras. Em 2018, dois lobos-marinhos subantárticos, ou do peito-branco, como são conhecidos, apareceram na praia. Eles vivem na ilha de Geórgia do Sul, território inglês, no Sul do Atlântico, e conseguiram retornar para casa.

Mas nem sempre o desfecho é positivo. Muitos animais aparecem mortos na praia por causa do lixo, ou até mesmo por causas naturais.

Na quarta-feira, uma baleia franca de 10 metros foi encontrada morta por pesquisadores da universidade entre as praias do Cassino e do Hermenegildo, em Santa Vitória do Palmar, no Litoral Sul gaúcho. As causas da morte ainda serão investigadas.

Pesquisador diz que a presença dos animais saudáveis é reflexo de um ambiente preservado (Foto: Reprodução/RBS TV)
Pesquisador diz que a presença dos animais saudáveis é reflexo de um ambiente preservado (Foto: Reprodução/RBS TV)
Tartarugas-marinhas também puderam voltar par ao mar (Foto: Reprodução/RBS TV)
Tartarugas-marinhas também puderam voltar par ao mar (Foto: Reprodução/RBS TV)

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.