Animais morrem em incêndio de residência no Aleixo, em Manaus, AM

Animais morrem em incêndio de residência no Aleixo, em Manaus, AM

Um incêndio de médias proporções atingiu na tarde desta sexta-feira (6) uma casa que fica na esquina das ruas Nacional e Pupunã, na Vila Alfredo Nascimento, bairro Aleixo, ao lado do campo do Nacional Futebol Clube, na Zona Leste de Manaus. No local, moravam muitos animais de estimação, entre cachorros e gatos, mas nem todos conseguiram se salvar. A quantidade não foi confirmada.

A dona da residência, a auxiliar de confeitaria Maria Lúcia Andrade Nogueira, de 59 anos, estava dentro da casa quando o incêndio começou. O marido, de 56 anos, estava no trabalho e só chegou depois. “Eu estava sozinha. Não percebi quando o fogo começou. Tentei apagar, mas de repente não conseguia enxergar mais nada. Os vizinhos que conseguiram me tirar de lá. Arrombaram o portão de baixo e foi por onde saí”, disse.

am_manaus_casainc_2

A auxiliar de confeitaria afirmou que os animais de estimação pertenciam ao marido, mas ela não soube afirmar quantos moravam lá. “Estou muito preocupada com o meu marido. Quando um animal dele morre, ele só falta morrer também. Queria uma ajuda psicológica para ele porque ele vai precisar”, disse Lúcia, muito abalada.

la inalou muita fumaça e foi atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). “Os gatos estão todos vivos. Quando abrimos o portão saíram todos. Os cachorros que não sabemos. Agora estamos esperando o Samu chegar e levar ela para o hospital, porque ela inalou muita fumaça”, disse Elisângela Perdigão, vizinha da vitima.

am_manaus_casainc_3

O Corpo de Bombeiros foi acionado e conseguiu apagar as chamas totalmente por volta das 17h30. “Iniciamos o combate pela frente e pela lateral. Tivemos que arrombar as portas. Em princípio, pelo o que verificamos, o incêndio deve ter começado pela parte do subsolo, onde estava acumulado material eletrodoméstico e descartado. Alguém falou que viu jogarem alguma coisa lá embaixo, mas a gente não sabe”, disse o tenente Janderson Lopes.

“Não tivemos vítima humana, mas vi um cachorro desacordado e bastante queimado. Ao todo, dois animais em óbito”, afirmou Janderson Lopes. “A residência apresenta risco e pode estar comprometida estruturalmente, mas não foram encontradas rachaduras”, disse. A Defesa Civil Municipal foi acionada pelos bombeiros para atender os dois moradores do local.

Alguns animais conseguiram sair do incêndio com vida. ((Foto: Clovis Miranda)
Alguns animais conseguiram sair do incêndio com vida. ((Foto: Clovis Miranda)

 

Por Vinicius Leal

Fonte: A Crítica

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.