Animais que passarem pelo CPVA de Votuporanga (SP) serão chipados e cadastrados em banco de dados

Animais que passarem pelo CPVA de Votuporanga (SP) serão chipados e cadastrados em banco de dados

Dando continuidade às ações de proteção da vida animal, a Prefeitura de Votuporanga, por meio do Fundo Social de Solidariedade, adquiriu materiais e equipamentos (leitor coletor de dados e microchiptransponder) para serem utilizados, em um período de 12 meses, nos animais que passarem pelo Centro de Proteção da Vida Animal (CPVA) e também os animais da população que forem submetidos ao processo de castração do programa de castrações implantado pela Prefeitura.


A ação faz parte do controle populacional de cães e gatos e conta com investimento de cerca de R$ 20 mil. Segundo a Primeira-dama e Presidente do Fundo Social de Solidariedade, Mônica Pesciotto de Carvalho, foram adquiridos quatro leitores e 1 mil microchips. “O microchip será aplicado por meio de seringa nos animais. Além disso, eles receberão medalhinhas com QR Code, onde estarão registrados dados do animal e proprietário, que poderão ser acessados pela leitura através de celular”.

O banco de dados possui o registro do proprietário, do animal, medicamentos, consultas, exames e outros serviços como, por exemplo, emissão de Carteira de Vacinação, Certificado de microchipagem e Cédula de identidade animal.

A ação atenderá diversas ações voltadas à proteção dos animais propostas no Plano de Governo do Prefeito João Dado, que criou, logo que assumiu o mandato, a Lei Complementar Municipal nº 345/2017 que dispôs sobre a criação do Centro de Proteção da Vida Animal – CPVA, do Recanto dos Focinhos, do Conselho Municipal de Proteção, Defesa e Bem-Estar Animal – COMPROA, do Fundo Municipal de Bem-Estar Animal– FUMBEA e do Sistema Integrado de Controle Animal – SICA.

Fonte: Prefeitura de Votuporanga

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.