Animais resgatados em operação contra venda irregular e maus-tratos em Campos (RJ) são levados para a Uenf

Animais resgatados em operação contra venda irregular e maus-tratos em Campos (RJ) são levados para a Uenf
Segundo a Defesa Agropecuária, os animais não poderiam estar sendo comercializados porque apresentam risco sanitário — Foto: Osiel Azevedo/Inter TV

Os animais apreendidos na operação contra venda ilegal e maus-tratos realizada em Campos dos Goytacazes foram encaminhados na tarde desta sexta- feira (26) para o Núcleo de Estudos e Pesquisas com Animais Selvagens (Nepas) da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf).

Durante a ação desta quinta (25) foram apreendidos galinhas, preás, patos e perus no Mercado Municipal.

Os bichos estavam sob a custódia dos tutors que foram flagrados na operação vendendo os animais.

A vereadora Marcelle Pata (PR), que é uma das das fundadoras da ONG Protetores e Amigos de Todos os Animais, assinou um termo de posse na delegacia do Centro e levou os animais para a universidade, onde serão tratados e colocados para adoção.

Operação

Agentes do Ministério Público do Estado do Rio (MPRJ), Defesa Agropecuária, Vigilância Sanitária e Guarda Ambiental realizaram a operação contra venda irregular de animais e maus-tratos na manhã desta quinta no Mercado Municipal.

Segundo a Defesa Agropecuária, para vender animais é necessário que o local seja certificado para que o transporte dos bichos seja feito de forma adequada e também que os animas estejam com a vacinação em dia.

Ainda de acordo com o órgão, os animais apreendidos não poderiam estar sendo comercializados porque apresentam riscos sanitários.

A Defesa Agropecuária informou também que alguns animais estavam cegos e outros com a penugem caindo.

A Prefeitura de Campos informou em nota que está colaborando com os órgãos envolvidos na operação e fazendo um trabalho educativo com os permissionários.

Agentes do MPRJ, Defesa Agropecuária, Vigilância Sanitária e Guarda Ambiental participaram da operação — Foto: Osiel Azevedo/Inter TV
Agentes do MPRJ, Defesa Agropecuária, Vigilância Sanitária e Guarda Ambiental participaram da operação — Foto: Osiel Azevedo/Inter TV

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.