Animais são explorados para prever resultados da Copa; China proíbe uso de pandas

Animais são explorados para prever resultados da Copa; China proíbe uso de pandas

INT animais copa pandachinagettyAs autoridades chinesas mostraram o cartão vermelho para a ideia de uma equipe de ursos pandas ser usada para prever os resultados das partidas da Copa do Mundo. A informação foi revelada pelos próprios cuidadores dos animais.

“As autoridades impediram os prognósticos dos pandas”, indicou o porta-voz do centro chinês para pesquisa e preservação dos pandas gigantes, sem dar mais detalhes dos motivos desta decisão.

A ideia era que os filhotes de panda prevessem os resultados escolhendo comida em várias cestas e subindo em árvores com bandeiras dos países participantes.

Durante a fase de grupos do Mundial, que começa nesta quinta-feira, os pandas de um parque da província de Sichuan, entre um e dois anos, escolheriam a comida em três cestas diferentes, representando a vitória de uma ou outra equipe ou o empate.

Nas fases eliminatórias posteriores, os animais teriam de adivinhar os vencedores subindo nas árvores com as bandeiras das equipes que disputassem cada partida.

INT animais copa porquinhoindiaafpJá a Suíça escolheu um novo oráculo para a Copa do Mundo no Brasil: um porquinho da Índia vai prever os resultados dos jogos, assim como o polvo Paul durante a Copa do Mundo de 2010.

O público poderá apostar a favor ou contra as suas previsões, segundo a ONG Swissaid, que apresentou nesta quarta-feira o pequeno roedor. Ele, aliás, já indicou que a Suíça vencerá o Equador no domingo.

Em 2010, o polvo Paul se tornou o mais famoso molusco no mundo por prever corretamente todos os resultados da seleção alemã na Copa do Mundo na África do Sul, bem como a vitória da Espanha na final. O animal já morreu. O profeta dava seu veredicto escolhendo alimentos colocados em caixas de acrílico com cores das equipes concorrentes.

Fonte: Terra

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.