Animais são resgatados por meio de atuação da OAB Piauí

Animais são resgatados por meio de atuação da OAB Piauí

A Comissão de Proteção e Defesa dos Animais da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Piauí, em parceria com a Polícia Militar do Piauí e do Batalhão de Polícia Ambiental, vem acompanhando diversas ações de apreensão de animais em Teresina. Na quarta-feira (08), animais domésticos e silvestres foram apreendidos e soltos, posteriormente, pelos policiais do Batalhão.

Somente no bairro Promorar, zona sul da capital, mais de 20 galos usados para brigas em uma rinha foram apreendidos. As ações aconteciam aos finais de semana e o proprietário dos galos responderá em juízo especial por crime ambiental.

“São dezenas de denúncias recebidas diariamente. Estamos acompanhando algumas operações da Polícia Ambiental e é lamentável ver galos mutilados por rinhas, além de papagaios e outros animais aprisionados. Animais não-humanos têm dignidade, não podem ser vítimas da crueldade humana”, afirmou Juliana Paz, Presidente da Comissão.

De acordo com o comandante do Batalhão de Polícia Ambiental, Tenente-Coronel Carlos Teixeira, os galos sofriam maus-tratos. “As pessoas iam, apostavam e se divertiam com essa crueldade. Os galos estão no Batalhão Ambiental. Eles receberam um laudo veterinário por causa dos maus-tratos e depois devem ser encaminhados para o Zoobotânico”, explicou.

Por Layza Ribeiro

Fonte: OAB PI via Portal R10

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.