Animais serão despejados de abrigo em Hortolândia, SP

Animais serão despejados de abrigo em Hortolândia, SP

SP hortolandia abrigo de animais marcia campos projeto cao feliz 470x260

Mesmo com a criação do Conselho de Proteção e Defesa dos Animais onde o objetivo é proteger os animais domésticos e a fauna selvagem, a Prefeitura de Hortolândia, por meio do CCZ e por ordem da promotoria de justiça, despejará animais de abrigo que está sob a direção do Instituto Márcia Campos – Projeto Cão Feliz e inclusive afirmam que serão retirados e serão mortos em 24 horas. A responsável pelo abrigo, Márcia Campos, afirma que a ONG está regularizada e que a Cetesb sabe que animais e humanos vivem no local.

Para tanto, a promotoria justifica a ação relatando que o local do abrigo é de um antigo descarte de lixo e que o mesmo podem prejudicar a saúde dos animais. Até aqui, a atitude do poder público é louvável; mas tudo indica que as questões envolvidas são muito mais profundas; sendo que aparentemente se trata de um local público, conclui Márcia Campos, protetora de animais e responsável pelo abrigo.

Márcia menciona também que existe uma lei na cidade de Hortolândia que sugere contenção e pune quem tiver mais de cinco animais no domicílio. Neste contexto, a protetora de animais enfatiza que os abrigos não deveriam se encaixar nessa lei, pois estão cuidando de animais abandonados e reconhece que é a própria sociedade que maltrata e abandona os animais e não o poder público. “Isso é fato! Mas o poder público poderia usar os recursos que possui para conscientizar… Informativos, divulgações, apoio à proteção; mas não dificultar o trabalho de um protetor”, argumenta.

Em desabafo ela fala sobre a realidade que está vivendo com a comunicação do CCZ de despejo dos animais por ordens da promotoria:

“(…) eu não posso fazer cara de paisagem e esperar que a Prefeitura venha com seus carros e mais carros, que abram o portão e que retirem os animais, ou que levem para o CCZ, ou que despejem não sei onde… Animais que eu castrei, animais que eu amparei, animais que eu protejo com a minha própria vida (…). A minha dor hoje é assistir de camarote o poder público intervir e despejar os animais. Porque afinal de contas é isso que vai acontecer!”

Dentro desta situação ela ainda lembra que existem pessoas maravilhosas como foi o “Correia do Mel e toda a sua equipe” que conseguiram levantar 3 toneladas de ração para mover uma ação de castração do Projeto Cão Feliz, onde doavam a ração para o dono de um cachorro em troca de sua castração.

Desta forma, ao final do vídeo ela pede ajuda, pois precisam comprar uma área que seja definitiva para os animais. Afirma ainda que a área existe e está parcialmente em Hortolândia.

Dados para doação e contato

Instituto Márcia Campos (Nome Fantasia: Projeto Cão Feliz)
Agência 2078 e Conta Corrente 05774-8

E-mail: [email protected]
WhatsApp: (19) 9 9103-3928 e Vivo: (19) 9 9749-2611

Fonte: Hortolândia News / Projeto Cão Feliz, Márcia Campos

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.