Animais silvestres ou exóticos em cativeiro podem ser entregues voluntariamente em Sergipe

Animais silvestres ou exóticos em cativeiro podem ser entregues voluntariamente em Sergipe
Coruja localizada com um suspeito de cativeiro clandestino — Foto: PF/SE/Arquivo

A Polícia Federal em Sergipe informou nesta terça-feira (28), que após a deflagração da Operação Rattus da Polícia Federal em Sergipe, com o objetivo de reprimir o comércio e o cativeiro clandestino de animais silvestres e exóticos, algumas pessoas procuraram o órgão questionando qual seria o procedimento recomendado para quem possui animais silvestres ou exóticos em cativeiro.

Segundo a PF, a orientação é que todos que tenham animais nessa situação promovam a entrega voluntária dos animais aos órgãos ambientais, para regular destinação, evitando a aplicação de sanções administrativas ou penais.

Os interessados deverão manter contato prévio com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) ou Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema) para ajustar data e horário da entrega do animal.

A polícia informou ainda que quem fizer a entrega voluntária não vai estar sujeito a multas ou outras sanções.

Contato 

  • Ibama: (79) 3046-1034
  • Adema: (79) 99191-5535

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.