Animais silvestres são vítimas de queimadas em Leopoldina, MG

Animais silvestres são vítimas de queimadas em Leopoldina, MG

O fogo e a fumaça das queimadas podem colocar em risco a segurança dos usuários das rodovias próximas aos locais de incêndio.

MG Leopoldina animais silvestres vitimas queimadas2Uma queimada nas proximidades do Km 746 da BR 120 (entre Leopoldina e Cataguases), mobilizou o Corpo de Bombeiros por volta das 15h00 desta quinta-feira (7). Uma guarnição do 4º Pelotão de Bombeiros Militar de Leopoldina, composta pelos BMs Sargento Franco, Sargento Ferrari, Soldado Lucas e Soldado Jeziel, conseguiu apagar o fogo. Além dos riscos aos condutores de veículos, o fato lamentável desta ocorrência é que um ouriço-cacheiro, não resistiu às queimaduras em parte do seu corpo e morreu, conforme apurou a reportagem.

O ouriço cacheiro é um animal que vive aproximadamente 7 anos e justamente entre os meses de abril e agosto está no seu período de acasalamento, quando é capaz de gerar de 4 a 7 filhotes, assegurando a sobrevivência da espécie que contribui no controle de pragas, pois grande parte de sua alimentação são insetos.

Corpo de Bombeiros é acionado para combater queimada entre o viaduto do Bela Vista e trevo do Pórtico de Leopoldina

MG Leopoldina animais silvestres vitimas queimadas3

MG Leopoldina animais silvestres vitimas queimadas4Apesar dos esclarecimentos e alertas feitos pelo Corpo de Bombeiros, verifica-se a repetição de queimadas nas áreas urbana e rural de Leopoldina. No final da tarde da quinta-feira, o Corpo de Bombeiros Militar atendeu outra ocorrência de queimada, desta vez às margens da BR 116, nas imediações do trevo do Pórtico de Leopoldina.

Além dos prejuízos ao ambiente, o fogo e a fumaça das queimadas podem colocar em risco a segurança dos usuários das rodovias próximas aos locais de incêndio, como problemas de visibilidade.

Esta semana a reportagem acompanhou o trabalho de uma equipe dos Bombeiros Militares no combate ao fogo em um lote vago, localizado no bairro Mina de Ouro, quase atingindo imóveis próximos. 

Fonte: O Vigilante Online 

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.