Animais vítimas de queimadas são resgatados em Vilhena, RO

Animais vítimas de queimadas são resgatados em Vilhena, RO

Animais vítimas de queimadas estão sendo resgatados em Vilhena (RO), na região do Cone Sul. Nas últimas semanas, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) registrou o resgate de três cobras e dois ninhos de corujas. Após receberem cuidados, os bichos são devolvidos à natureza.

Os animais são resgatados pelo Corpo de Bombeiros ou por agentes da Semma. Depois disso, os bichos ficam sob os cuidados da secretaria de meio ambiente, até estarem prontos para voltar ao habitat natural.

“Uma cascavel foi resgatada pelos bombeiros próxima do aeroporto, depois de uma grande queimada na região e uma jiboia chegou a ser chamuscada pelo fogo em outra queimada”, explica a secretária da Semma, Marcela Almeida.

Em outra ocasião, através de denúncia, os agentes da Semma conseguiram salvar dois ninhos de coruja em uma queimada urbana. “O incêndio iria atingir os filhotes, mas conseguimos evitar que chegasse aos ninhos”, relata Marcela.

Cascavel foi resgatada próximo do aeroporto da cidade. — Foto: Ricardo Araújo/Rede Amazônica

Com o aumento das queimadas nessa época de estiagem, os animais fogem para a cidade. O biólogo Thiago Baldine enfatiza que, ao encontrar animais silvestres, as pessoas não devem capturar os bichos e nem machucá-los.

“As pessoas não devem se aproximar, pois há risco de acidente grave. Elas devem monitorar os animais e chamar os órgãos de resgate”, enfatiza.

As denúncias sobre incêndios podem ser feitas à Semma, pelo telefone (69) 3321- 4084 ou ao Corpo de Bombeiros, através do telefone 193. Em Vilhena, a multa por queimadas pode ultrapassar R$ 13 mil.

Por Eliete Marques

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.