Animal morre em BH, e tutora culpa vizinho: dizia não gostar de ‘preto, morador de rua e cachorro’

Animal morre em BH, e tutora culpa vizinho: dizia não gostar de ‘preto, morador de rua e cachorro’

Um cachorro chamado Bethoven morreu com suspeita de envenenamento na noite dessa quinta-feira (20) na rua dos Inconfidentes, na Savassi, região Centro-Sul de Belo Horizonte. Tutora do animal, Emily culpa o vizinho, que, segundo ela, gritava não gostar de “preto, morador de rua e cachorro”.

“Ele [vizinho] já havia ameaçado várias vezes que iria matar o Bethoven, que sofreu muito antes de morrer. Eu estou sofrendo mais ainda agora, sem ele. Ele era meu companheiro e vou levá-lo comigo para sempre”, desabafa Emilly, que é moradora de rua e há cerca de um ano e meio passou a viver na região.

“Eu peguei ele com 14 dias de vida e há um ano ele era meu companheiro. Ontem eu vi o morador que fala que não gosta de preto e morador de rua e ouvi alguma coisa caindo. Quando eu chamei o Bethoven, ele já veio andando torto. Ele [vizinho] jogou veneno para meu cachorro morrer”, diz.

Na tarde desta sexta-feira, ela ganhou  um novo companheiro, um filhote de cachorro que será chamado de Bethoven II. Porém, as recordações do melhor amigo morto nessa quinta-feira permanecem vivas. “As lembranças dele dentro de mim nunca vão sair. Foi criado comigo e com meu marido, assassinaram meu cachorro”, completa.

Fonte: Itatiaia

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.