AnimaNaturalis pede o fechamento do Zoo Safari e que seja aberta uma investigação sobre a morte dos chimpanzés

A organização de defesa dos animais iniciou uma petição pedindo o fechamento do Sa Coma Safari Zoo que, em apenas 48 horas, conseguiu cerca de 12.000 apoiadores nas redes sociais.

Tradução de Marli Vaz de Lima

A organização internacional de defesa dos direitos dos animais AnimaNaturalis se une à “indignação mundial sobre a trágica e evitável” morte do casal de chimpanzés Adão e Eva do jardim zoológico Sa Coma Safari Zoo, em Palma de Mallorca, e pede o fechamento imediato do instalações do zoológico e para que seja convertido em um santuário de recuperação de animais.

Depois da morte “trágica” do casal de chimpanzés que escaparam do zoológico Sa Coma, Eva foi baleada e morta e Adam morreu “supostamente” afogado em uma estação de tratamento de esgoto, AnimaNaturalis solicitou o fechamento imediato do Safari e a abertura de uma investigação para esclarecer todos os fatos. Em um comunicado, a organização de defesa dos animais lamentou o resultado “fatal” para este casal de chimpanzés e condena “a vida ruim a que tenham sido submetidos durante anos”.

“Em primeiro lugar, pelos maus-tratos de seu proprietário anterior, o empresário milionário alemão Hasso e, depois, pelas más condições de vida a que foram submetidos no Sa Coma”, como apontaram participantes da organização.

AnimaNaturalis também condena que “converteram a busca de ambos os chimpanzés em uma verdadeira caçada e que em nenhum momento tentaram recuperá-los com vida, já que a única ordem era a de atirar”. “Depois destes acontecimentos trágicos e lamentáveis pedimos o fechamento imediato do Sa Coma Safari Zoo e que as investigações necessárias sejam abertas para esclarecer todo o ocorrido, já que o dito zoo não tem capacidade para continuar mantendo o funcionamento”, disse o porta-voz da AnimaNaturalis em Mallorca, Guillermo Amengual. Além disso, a AnimaNaturalis acrescenta a petição de autópsia de Adão e Eva por parte das organizações Baldea, Assaib e Projeto Grande Simio, já que “não acreditamos na versão de morte por afogamento de Adão”.

“O Safari Sa Coma tornou-se um inferno na terra para os animais. Nós o pararemos até que seja feita justiça para Adão e Eva”, advertiu Amengual. A organização pelos animais iniciou uma petição pedindo o fechamento do Sa Coma Zoo Safari Zoo que, em apenas 48 horas, somou cerca de 12.000 partidários nas redes sociais.

Fonte: 20 minutos

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.