Anta resgatada de helicóptero na Serra do Amolar (MS) morre de pneumonia

Anta resgatada de helicóptero na Serra do Amolar (MS) morre de pneumonia
Dia em que a anta foi resgatada na Serra do Amolar. (Foto: Divulgação)

A anta que foi resgatada com queimaduras, há pouco menos de um mês na Serra do Amolar, morreu de pneumonia no Cras (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres), em Campo Grande, MS. De acordo com veterinário Lucas Gazati, responsável técnico do Centro a morte do animal foi resultado da grande quantidade de fumaça que ele inalou antes de ser resgatado, no dia 9 de outubro.

A anta, que tinha cerca de 170 quilos, morreu no último dia 29, mas o laudo necroscópico com a causa da morte só ficou pronto nesta semana. Ela foi encontrada por ribeirinhos, debilitada, na lagoa ao fundo da pista de pouso da reserva Serra Negra, ao lado da comunidade da Serra do Amolar, distante 180 km de Corumbá pelo Rio Paraguai.

O animal estava com queimaduras nas patas e na barriga e foi levado para Corumbá pelo helicóptero Super Cougar (UH-15), empregado pela Marinha na Operação Pantanal II e de lá foi trazida para a Capital.

2ª vítima – Na última terça-feira (03), uma das duas onças macho que foram resgatadas no Pantanal com queimaduras também morreu, no mesmo dia em que chegou ao Cras (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres). O animal teve queimaduras de segundo e terceiro graus nas patas.

Por Adriano Fernandes

Fonte: Campo Grande News

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.