APIPA prorroga campanha para construção de Centro de Castração em Teresina, PI

APIPA prorroga campanha para construção de Centro de Castração em Teresina, PI

A Associação Piauiense de Proteção e Amor aos Animais (APIPA) prorrogou por mais 20 dias a campanha para arrecadação de recursos para a construção de seu Centro de Castração. O objetivo é garantir o controle de natalidade dos pets em Teresina. De acordo com o Centro de Controle de Zoonoses, a população canina estimada na capital é de 100 mil animais.

Até o momento, cerca de R$ 9 mil foram arrecadados, mas o custo básico da construção do centro cirúrgico e da compra de material e equipamento médico está estimado em R$ 50 mil. Para arrecadar o valor necessário, a associação criou uma conta no site de colaboração coletiva Kickante. Para doar, basta acessar o endereço: http://www.kickante.com.br/campanhas/construcao-do-centro-cirurgico-da-apipa.

PI centro castracao

A APIPA abriga hoje cerca de 300 animais, a grande maioria vítima de maus-tratos e extrema violência, decorrente de abandono. No último domingo (28), o grupo Guardiões em Defesa dos Direitos dos Animais no Piauí (Gdapi) denunciou à polícia um homem suspeito de matar sete cães a pauladas no bairro São João, zona Leste da cidade.

Para Isabel Moura, integrante da APIPA, o caso é o mais recente, mas não está isolado dentro da realidade de abandono em que vivem os animais na capital piauiense. “São muitos os casos de animais abandonados. O controle de natalidade é de extrema importância para ajudar a conter o nascimento de animais indesejados. A castração é a melhor forma”, declara.

Além do benefício à sociedade trazido pela castração, o procedimento traz vantagens para os animais individualmente. Bichos não castrados apresentam maior risco de desenvolvimento de câncer de útero, ovário e mamas, no caso das fêmeas, e de próstata, no caso dos machos.

O procedimento não causa prejuízo ao animal, sendo a cirurgia de rápida realização e pronta recuperação, sem sequelas. Além disso, é fundamental no controle populacional dos bichos, que se reproduzem rapidamente, evitando o abandono dos filhotes que nascerão e viverão na rua, expostos a doenças e violência.

Fonte: Portal AZ

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.