Apipa tem dívida de R$ 60 mil com clínicas veterinárias e pede doações

Apipa tem dívida de R$ 60 mil com clínicas veterinárias e pede doações
Apipa atualmente abriga mais de 300 animais — Foto: Reprodução/Flickr

A Associação Piauiense de Proteção e Amor aos Animais (Apipa) está com mais de R$ 60 mil em dívidas com clínicas veterinárias e está fazendo uma campanha de mobilização para atrair doadores fixos.

A diretora de marketing da Apipa, Iara Tamires, comentou que a ideia da campanha é trazer doadores mensais e fixos, o que vai gerar uma maior movimentação na renda da instituição.

“A gente tá com essa campanha porque estamos com um site novo e fizemos um link para cadastrar doadores mensais que são doações recorrentes cobradas no cartão de crédito todo mês. A ideia da campanha é fazer com que as pessoas nos apoiem e compartilhem o endereço do site chamando para doar”, explicou.

A doação funciona da seguinte forma: o interessado deve acessar o site da instituição e terá a opção de doar um valor uma vez ou mensalmente em valores de R$ 15,00, R$ 30,00 e R$ 50,00 que serão descontados no cartão de crédito.

Apipa faz campanha para adquirir doadores mensais — Foto: Reprodução/Flickr
Apipa faz campanha para adquirir doadores mensais — Foto: Reprodução/Flickr

Atualmente, a dívida da Apipa é de R$ 60 mil e a instituição abriga 302 animais, sendo 77 cães e 225 gatos. Os animais consomem quase 40 kg de ração por dia. Segundo Iara, o começo do ano é a pior época devido ao pagamento de funcionários que gera um maior gasto.

“A Apipa passa por dificuldades desde sempre e início de ano principalmente é uma época difícil porque a gente tem cinco funcionários de carteira assinada registradas no abrigo. Esses funcionários fazem parte da equipe técnica e são responsáveis pelo cuidado dos animais e manutenção e limpeza do abrigo, a gente precisa dessas pessoas. O abrigo funciona de domingo a domingo não tem um dia de folga então a gente tem um gasto muito grande”, contou.

A Apipa vem passando por dificuldades e usando campanhas para ajudar na arrecadação de dinheiro e adoção de animais. Além disso, estão impossibilitados de realizar resgate devido a dívidas em clínicas veterinárias.

Por Lorena Linhares, G1 PI (estagiária sob supervisão de Maria Romero)

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.