Após anos sofrendo em laboratórios de pesquisa, animais resgatados finalmente sentem o gosto da liberdade

Após anos sofrendo em laboratórios de pesquisa, animais resgatados finalmente sentem o gosto da liberdade

Tradução de Talita Oliveira

Como amantes dos animais, nos corta o coração ouvir histórias sobre o que cachorros, gatos, chipanzés, coelhos, ratos e incontáveis outros animais enfrentam nos testes em  laboratório. Animais são usados para tudo, desde testes cosméticos a biomédicos, mas embora a finalidade de suas prisões possa diferir, todos sofrem a mesma dor e medo. Sabendo-se que muitos desses testes cruéis são não só incrivelmente ineficazes, mas, também, desnecessários, parece um absurdo continuarmos a submeter vidas em laboratórios.

Com sorte, há várias pessoas e organizações trabalhando para colocar um ponto final nesses testes, e dar aos animais uma segunda chance de viver. Este vídeo mostra alguns dos animais que foram resgatados de laboratórios e suas reações a sua recém-encontrada liberdade. Vendo essas gracinhas vivenciaram coisas simples como a grama e os raios de sol pela primeira vez em suas vidas, com certeza, lhe trará um sorriso ao rosto.

Compartilhe este vídeo e encoraje outros a aprender mais sobre o que eles podem fazer para acabar com os testes em animais. Todos nós podemos tornar possíveis mais finais felizes como estes sendo a voz dos animais e exigindo mudanças!

Fonte: One Green Planet 

Nota do Olhar Animal: O “absurdo” não é definido pela ineficácia ou pela desnecessidade dos testes em animais. Mesmo que fossem “eficazes” e “necessários”, continuariam sendo injustos. Resumir o problema à “eficácia” ou à “necessidade” dos testes representa necessariamente considerar a vida humana mais valiosa que a dos animais não humanos, o que é moralmente indefensável. 

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.