BA teixeiradefreitas frisa85948 thumb

Após denúncia, MP e MAPA autuará Frigorífico FRISA

Por Viviane Moreira

BA teixeiradefreitas frisa85948

A equipe de reportagem de O Povo News recebeu na tarde de quinta-feira, (18), uma nota técnica do Ministério Público, referente à denúncia sobre possíveis maus-tratos durante o processo de abate de animais no Frigorífico Nordeste de Alimentos Ltda. (Frisa), em Teixeira de Freitas, BA.

Na nota técnica, o Ministério Público informa que a empresa será “autuada pelo uso inadequado da pistola de insensibilização” e ainda que, “irá requer à autoridade policial a apuração da responsabilização criminal pelo crime de maus-tratos contra animais”.

O vídeo divulgado pelo site Opovonews, gerou muita repercussão na região, devido às imagens fortes contidas nos quase dois minutos de gravação. Vários internautas se manifestaram indignados com a forma de abate executada pela empresa.

Leia na íntegra a nota do Ministério Público:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Em relação à matéria “Vídeo denuncia maus tratos a animais no frigorífico Frisa”, publicada pela jornalista Viviane Moreira no site “O Povo News”, o Ministério Público do Estado da Bahia esclarece que instaurou Procedimento Preparatório de Inquérito Civil Público (PPIC) para apurar a denúncia e solicitou fiscalização imediata do Frigorífico Nordeste de Alimentos Ltda. (Frisa) ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). No último dia 11 de setembro, foi realizada inspeção no estabelecimento, com o acompanhamento do MP, quando foi constatado que os problemas narrados na denúncia e apresentados nos vídeos já haviam sido sanados, pois a pistola de insensibilização, que se encontrava descalibrada, havia sido substituída. A empresa também já havia adquirido um novo compressor de ar. Não foram encontradas irregularidades quanto às condições de higiene. Segundo informações prestadas ao MP pelo fiscal responsável pela inspeção, a empresa será autuada pelo uso inadequado da pistola de insensibilização. O MP informa ainda que aguarda o relatório da fiscalização, que será enviado pelo Mapa, e, ao final da investigação nos autos do PPIC, irá requer à autoridade policial a apuração da responsabilização criminal pelo crime de maus-tratos contra animais.

Entenda o caso

A equipe de reportagem do Opovonews recebeu na sede de sua redação, no útlimo dia 11 de setembro, um vídeo denunciando o horror com que são abatidos os animais dentro do matadouro Frisa, situado no bairro Colina Verde em Teixeira de Freitas.

Após a visualização das imagens, nossa equipe de reportagem esteve no Ministério Público e ofereceu denúncia ao Órgão, diante dos maus tratos evidenciados.

A Promotora de Justiça, Dra. Anna Kristina Lehubach Prates, recebeu os vídeos, e abriu um procedimento, enviando para os Órgãos competentes para as devidas providências.

De acordo com os fornecedores da imagem, que preferiram não se identificar, com medo de represálias, o fato já vinha acontecendo por cerca de 06 meses. No vídeo, é possível ver a forma cruel com que os animais são abatidos, indo para a esteira ainda agonizando e berrando numa clara demonstração de sofrimento. Segundo os denunciantes, quando esta máquina de abate, que é inadequada quebra, os animais são mortos a golpes de marreta. Na filmagem, o animal recebe mais de 10 choques e continua agonizando.

As imagens são fortes, o sofrimento dos animais são evidentes e chegam a causar comoção em quem assiste tamanha crueldade.

Fonte: O Povo News

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.