Após denúncias, cão com sinais de maus-tratos é resgatado em Santarém, PA

Após denúncias, cão com sinais de maus-tratos é resgatado em Santarém, PA

Uma denúncia de maus-tratos resultou no resgate de um cão em uma casa localizada no bairro Diamantino em Santarém, no oeste do Pará. Voluntários de uma organização não governamental (ONG), com apoio de Policiais Militares foram até o imóvel e constataram que o animal estava preso a uma corda no meio da rua, sem água e ainda infestado por carrapatos. O animal foi levado a uma clínica veterinária na segunda (6).

Animal estava sem água e vivia preso o dia inteiro

Segundo a ONG, a denúncia foi feita a quatro semanas. Moradores disseram que o animal chorava o dia inteiro. Ainda segundo a ONG, na primeira abordagem, os voluntários conversaram com o tutor e orientaram ele a cuidar, dar banho, alimentação e tirar o cão do local.

O responsável alegou que dava banho, comida e que soltava o animal a noite para vigiar a oficina. Ao retornarem ao local, os voluntários flagraram o cachorro na mesma situação.

Os voluntários pediram que o animal fosse entregue para que pudesse passar por cuidados e depois doado, mas o dono se recusou a fazer a entrega. A polícia foi acionada para dar apoio e o animal, resgatado. Na clínica, o cão recebeu toda atenção especial, tomou banho e deve passar por exames. Ele recebeu o nome de Bruce e ganhou, mesmo que provisório, um novo lar e o carinho que precisa.

A ONG

Um trabalho realizado por voluntários tem salvado vidas e dado um lar a dezenas de animais abandonados pelas ruas ou que seriam sacrificados em Santarém. Em dois anos de atuação, a ONG União Animal, formada por grupos de amigos, já conseguiu retirar mais de 200 cães e gatos abandonados ou em situação de risco. Segundo a ONG, do total, pouco mais de 150 foram adotados e agora vivem em um novo lar.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.