Após ficar 10 dias preso em poço de 200 metros de profundidade, cão é resgatado e adotado por bombeiros

Após ficar 10 dias preso em poço de 200 metros de profundidade, cão é resgatado e adotado por bombeiros

Às vezes, a vida nos coloca em situações inimagináveis e nós não esperamos conseguir sair delas. Mas, com o apoio e ajuda de outras pessoas, tudo é possível. Por isso, muitas pessoas se uniram por um bem comum: resgatar um cãozinho que havia caído em um buraco de 200 metros de profundidade.

Ainda não se sabe ao certo como o cãozinho foi parar dentro de um poço da cidade de Beykoz, na Turquia. Ele foi encontrado através de pessoas que o ouviram choramingar e se aproximaram para ver de onde vinha o barulho. Quando perceberam que era um cachorro que estava lá dentro se desesperaram, pois não imaginavam como poderiam tirá-lo de lá.

Foi então que uma equipe de socorristas foram chamados para resgatá-lo e, mesmo que na maior parte do tempo a busca parecesse impossível, eles se negaram a desistir de salvar a vida do cãozinho.

Equipes de emergência – formadas por bombeiros locais e organizações de resgate de animais – foram convocadas para avaliar a situação. Então, eles colocaram uma barraca inflável ao redor do buraco, para que a chuva não dificultasse ainda mais a situação e enviaram um equipamento de câmera para verificar se o cãozinho estava bem.

Mesmo assustado e faminto, o cãozinho estava vivo e desesperado para sair do buraco. Os socorristas enviaram alimentos para que ele continuasse vivo, mas ainda não tinham ideia de como tirá-lo de lá. Durante 10 longos dias, eles lutaram para criar uma maneira de tirá-lo de lá, mas não tiveram sucesso.

Foi então que a história do cãozinho teve uma grande repercussão na Turquia e chegou – através das redes sociais e da televisão – até os ouvidos do Ministro da Energia , Berat Albayrak. Então, ele resolveu ajudar e ordenou que a companhia de mineração estatal – Turkish Hard Coal Enterprises – interviesse no resgate.

Então, usando equipamentos especializados, a equipe finalmente conseguiu puxá-lo com segurança para fora do buraco. E, depois de mais de uma semana preso, ele finalmente foi libertado.

Desde então, o cãozinho foi carinhosamente apelidado por Kuyu – que em turco significa “bem”. Ele foi examinado por alguns veterinários, que constataram que ele está em perfeita saúde.

E para aqueles que estão se perguntando para onde iria o cãozinho após tanto sofrimento, fica uma notícia maravilhosa: ele foi adotado pela equipe de bombeiros, que o convidou para viver em sua estação. Lá ele pode ficar a salvo e receber muito amor e carinho de seus novos melhores amigos.

Para mais detalhes sobre o resgate, assista ao vídeo abaixo:

Por Giulia Bottini Jardim

Fonte: Best of Web

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.