Após meses de tratamento, corujas são devolvidas à natureza no TO

Após meses de tratamento, corujas são devolvidas à natureza no TO

Dois exemplares foram soltos em Araguaína, após dois meses de cuidados. Animais foram resgatados com pouco mais de dez dias de vida, em Palmas.

TO Araguaina resgate coruja

Duas corujas foram devolvidas à natureza nesta quinta-feira (15), em Araguaína, após receberem tratamento durante dois meses no Centro de Animais Silvestres do Tocantins (Cetas). Três exemplares foram resgatados com pouco mais de dez dias de vida, em Palmas, mas um deles está com a pata machucada e por isso continuará no centro.

De acordo com o biólogo do Cetas, Silas Dantas, os animais foram encontrados em uma casa. “Elas foram trazidas pelo Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), de Palmas. Estavam na residência de alguém e foram entregues ao instituto porque fazem muito barulho.”

Segundo o sargento Jandres Alves Bezerra, da Policia Militar Ambiental, o local onde as aves foram soltas foi escolhido com cuidado. “O animal não pode ser solto em qualquer lugar. Nós temos os locais que para soltar, de preferência no habitat natural, onde já tenha a mesma espécie. Até mesmo para elas possam se recuperar no mundo animal ao qual pertencem.”

TO Araguaina resgate coruja2

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.