Após morte de 17 animais, voluntários arrecadam doações em Matão, SP

Após morte de 17 animais, voluntários arrecadam doações em Matão, SP

Alagamento fez com que cães e gatos se afogassem na terça-feira (4). Material recebido inclui grande número de rações, cobertores e shampoos.

SP matao alagado

Após a morte de 17 cães e gatos no Canil Municipal de Matão (SP) por conta de um alagamento na terça-feira (4), voluntários da ONG Amigos da Mulekada estão arrecadando doações para os animais. De acordo com a organização, foi recebido um grande número de rações, cobertores, shampoos, produtos de limpeza e tablados de madeira. Além disso, o local foi limpo por colaboradores e agentes da Prefeitura.

A presidente da ONG, Solange Sola, está animada com a repercussão do episódio. “As pessoas têm ajudado muito. Recebemos muitas doações de cobertores, ração e outras coisas. A Prefeitura também ajudou muito e disse que deve doar um novo terreno para o canil em janeiro do ano que vem. Já temos, inclusive, promessas de deputados que tem interesse em ajudar na reconstrução do abrigo”, relatou.

De acordo com Solange, o abrigo já conseguiu suprir a maior parte de suas necessidades com as doações, mas alguns itens ainda são necessários. “Se as pessoas quiserem doar, precisamos de patê de gato, pois temos muitos. Além dos felinos, também há um cachorro que tem um problema na mandíbula e não consegue comer. Ele só se alimenta desse patê. Outro uso que fazemos do patê é misturá-lo com os remédios dos animais”, falou.

SP matao materia abreComo ajudar

Doações em dinheiro também são bem-vindas. “Usamos o dinheiro para pagar as consultas dos animais, comprar medicamentos e eventuais itens que possam faltar no canil”, afirmou.
Para fazer as doações, há um box disponível na Rodoviária de Matão onde podem ser depositadas. No caso de ajuda em dinheiro, mais informações podem ser obtidas pelo número (16) 99757-5344.

Colaborações

Segundo a voluntária Heloísa Ribas, A ajuda veio de diversas cidades da região, como São Carlos e Ribeirão Preto. “Muita gente está ajudando. Os animais já estão bem melhores, já que existem inclusive veterinários auxiliando alguns deles. Os casos mais urgentes foram encaminhados ao Hospital Veterinário de Matão e os outros permanecem ou no canil ou na casa de voluntários”, disse.

Sobre a limpeza no local após os estragos causados pela chuva, Heloísa afirma que a ONG recebeu ajuda de voluntários, da Prefeitura e até mesmo da população, que se dirigiu até o local motivada em ajudar os animais. “A Prefeitura ajudou muito enviando caminhões e tratores para remover a terra que entrou no canil. Os colaboradores da ONG, junto a pessoas que vieram de forma espontânea, limparam tudo lá dentro”, contou.

Enchente

A forte chuva que atingiu a cidade de Matão no dia 4 causou uma enchente que matou 10 filhotes de cachorro, seis filhotes de gato e um cão adulto no Canil Municipal. Além disso, a única ponte de acesso para o canil foi destruída pela chuva. Na ocasião, a Prefeitura informou que o abrigo não estava preparado para lidar com chuvas desse porte e deve ser transferido para outra área, ainda sem prazo.

A chuva também provocou alagamentos e interditou um trecho da Rodovia Washington Luís (SP-310) sentido interior. A Defesa Civil registou ao menos seis pontos de alagamento no município.

SP matao entrada

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.