AC RioBranco ativista racao H

Após resgatar 50 animais, ativista pede ração em campanha na web em Rio Branco, AC

Abrigo em chácara de Rio Branco está há três dias sem ração, diz ativista. Maura Akino, de 42 anos, resgata cães e gatos e depois põe para adoção.

Por Iryá Rodrigues

AC RioBranco ativista racao

Há três dias sem ter ração para dar aos quase 50 cães e gatos que mantém em um abrigo em sua casa, a protetora de animais Maura Akino, de 42 anos, faz um apelo por doações em sua página no Facebook. Segundo a ativista, além da falta de ração para os animais, existe uma dívida de ao menos R$ 1,2 mil em duas clínicas da capital Rio Branco. Aposentada cuida dos animais e depois coloca para adoção.

Há pouco mais de 10 dias, Maura sofreu um acidente quando estava carregando um gato para uma clínica em sua bicicleta motorizada. De acordo com a ativista, o animal morreu na hora do acidente, e ela quebrou o pé. Debilitada e sem poder caminhar, a mulher conta que não está tendo condições de cuidar dos animais e de procurar por doações.

“Muita coisa aconteceu nos últimos dias. Sofri o acidente, minha mãe morreu em seguida e eu tive que ficar parada. Mandei a maioria dos animais para uma chácara de uma senhora que me ajuda a cuidar deles e ela me avisou que eles estão tendo que comer comida, porque não tem ração. Então eu peço a ajuda das pessoas para que façam as suas doações”, diz.

Sobre as dívidas com clínicas de animais, a ativista calcula ao menos R$ 1,2 mil. “Deixei alguns animais internados, um veio a óbito, mas a dívida ficou lá para ser paga. São duas clínicas que preciso pagar e não estou tendo condições. Como minha bicicleta quebrou com o acidente, não tenho como correr atrás de ajuda para pagar nada. Além da ração e dinheiro para pagar as clínicas, peço que me ajudem com minha bicicleta. É com ela que eu resgato os animais, levo para clínica e busco doações”, pede.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.