Após resgate na Argentina, animais silvestres são entregues ao Ibama

Após resgate na Argentina, animais silvestres são entregues ao Ibama
Operação ocorreu na manhã desta sexta (2), e contou com a participação da Polícia Federal brasileira e argentina. — Foto: Reprodução RBS TV

Autoridades da Argentina entregaram cerca de 160 animais à Polícia Federal (PF) do Brasil, na manhã desta sexta-feira (2). A operação ocorreu em Paso de los Libres, cidade argentina em que os animais foram apreendidos. A polícia brasileira ficou responsável pelo transporte das espécies de Uruguaiana para o Centro de Triagem de Animais Silvestres, do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama), em Porto Alegre. Os animais devem chegar até o fim do dia no local.

VÍDEO: Animais silvestres são resgatados na fronteira de Uruguaiana com Argentina

Entre os animais, estão sucuris, jiboias, tartarugas, jabutis, lagartos e aranhas.

No início do mês de maio, dois argentinos foram detidos em Paso de los Libres.

“Eles estavam traficando animais brasileiros, foram detidos e, em seguida, liberados. [Eles] estão respondendo pelo crime na Argentina. Aqui no Brasil, foi instaurado um inquérito por contrabando, receptação e crime ambiental”, explica Ana Gabriela Becker Gomes, delegada da PF, responsável pela investigação.

Os suspeitos estavam em um carro, que saiu do Brasil e estava na Argentina, quando a PF os abordou. Após uma vistoria no veículo, foram encontrados animais de várias espécies transportados em caixas de plásticos.

De acordo com informações preliminares da PF, pelo menos outro nove animais foram entregues mortos e congelados. Eles morreram ao longo do mês. A contagem total do número de animais resgatados será feita pelo Ibama, que esteve hoje na sede da PF em Uruguaiana.

Os animais, já em solo brasileiro, foram repatriados devido uma decisão da Justiça argentina, com o auxílio de uma organização não governamental (ONG). Eles permanecerão sob os cuidados do Ibama até ser analisado a possibilidade de reinserção na natureza.

A PF trabalha com duas hipóteses sobre o que seria feito com os animais: serviriam como animais de estimação ou seriam utilizados para fins de biopirataria, ou seja, para objetivo científico.

Animais silvestres pertencentes a fauna brasileira resgatados na fronteira de Uruguaiana com Argentina

VÍDEO: Animais silvestres da fauna brasileira são resgatados na fronteira com a Argentina

Por Henrique Dihl

Fonte: g1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.