Após tutora ser morta, policiais fazem vaquinha para salvar cachorro baleado em Vila Velha, ES

Após tutora ser morta, policiais fazem vaquinha para salvar cachorro baleado em Vila Velha, ES

Policiais civis organizam uma vaquinha para custear o tratamento de um dos cachorros baleados no último domingo no bairro Alvorada, em Vila Velha. Na ação dos criminosos, uma mulher foi morta com mais de 20 perfurações de arma de fogo, assim como um dos cachorros de estimação.

Foi durante o atendimento da ocorrência que os policias perceberam que um dos cachorros ainda estava vivo. Com isso, se mobilizaram para tentar encontrar um órgão ou instituição que pudesse realizar o resgate. Sem sucesso, eles decidiram levar o animal até um hospital veterinário particular no mesmo município.

Agora os policias solicitam ajuda para pagar as despesas com internação, exames e a cirurgia do cachorro, que tem previsão de alta nesta segunda-feira (19). Além disso, o animal precisa de um novo lar, pelo menos temporário.

O crime

Uma mulher foi encontrada morta dentro da residência onde morava, no bairro Alvorada, em Vila Velha. De acordo com a Polícia Militar, o corpo da vítima foi localizado na tarde de domingo (18) e tinha ao menos 20 perfurações de arma de fogo. Os dois cachorros de estimação da mulher também foram atingidos. Um deles estava morto e o outro ficou ferido.

A vítima foi identificada como Lucia Costa Dutra, de 55 anos. Vizinhos contaram que a mulher seria uma pessoa querida na região e por conta disso, ninguém soube responder a motivação do crime.

Em nota, a Polícia Civil informou que até o momento nenhum suspeito foi detido. O caso seguirá sob investigação da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Mulher (DHPM), e outras informações não serão passadas, no momento, para não atrapalhar o andamento das investigações.

Fonte: Folha Vitória

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.