Após vídeo, vereadora de Juazeiro (CE) pede demissões no Centro de Zoonoses por maus-tratos aos animais

Após vídeo, vereadora de Juazeiro (CE) pede demissões no Centro de Zoonoses por maus-tratos aos animais

Um vídeo gravado em Juazeiro do Norte e publicado em redes sociais no último dia 18, terça, mostra o que seria uma cena de maus-tratos aos animais durante captura por funcionários do Centro de Zoonoses.

Nas imagens, dois homens tentam colocar o animal na carroceria de um caminhão, no bairro Lagoa Seca. Uma mulher que não foi identificada, filma a ação do alto de um prédio e narra o que seriam atitudes aversas ao modo correto de tratar o equino.

Na câmara

Na sessão da Câmara Municipal desta quinta, 20, a vereadora Jaqueline Gouveia (PRB) tratou do assunto. Ela pediu o afastamento dos funcionários e disse que a ação foi absurda e truculenta. A parlamentar disse ainda ter pedido a abertura de uma sindicância para investigar o caso.

Jaqueline mantém um abrigo particular de animais abandonados e que conta com doações de voluntários. Ela foi eleita pela primeira vez em 2016 com 1.762 votos após campanha volta para a causa.

Outro lado

Em nota, o Centro de Controle de Zoonoses afirma que foi atestado, através de laudo veterinário, não ter havido lesão em nenhuma região do animal e não foram detectados sinais de violência animal.

“No momento da captura, o animal estava arredio e os funcionários tiveram dificuldades para colocá-lo no caminhão, sendo necessário forçar a sua entrada”, diz a prefeitura.

A gestão diz ainda que o objeto utilizado para fazê-lo entrar no veículo não foi inserido no animal. “A coordenação ressalta que é contra qualquer ato de maus-tratos aos animais e que todos os funcionários do setor são orientados e capacitados para realização desse trabalho”, finaliza

Veja vídeo do pronunciamento:

Por Felipe Azevedo

Fonte: Agência Miséria via Colina Web Rádio

Moradores denunciam violência no resgate de cavalo pelo CCZ de Juazeiro do Norte, CE

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.