Apurada denúncia de maus-tratos a animal em Carazinho, RS

Apurada denúncia de maus-tratos a animal em Carazinho, RS

rs carazinho heladia1

Em entrevista para a Rádio Gazeta a delegada de polícia Heládia Cazarotto falou sobre a apuração de um caso de maus-tratos a animal denunciado dias atrás. Ela chegou à conclusão de que não houve prática de maus-tratos.

O fato começou com a divulgação de uma fotografia em rede social de um morador de Carazinho que aparece com um animal que seria um gato, e que ele mesmo teria matado. Assim que recebeu a informação e a foto postada no Facebook a delegada manteve contato com o dono do perfil e o chamou para que comparecesse na delegacia de polícia.

“Ele atendeu, deu seu depoimento explicando que não era um gato, mas um rato de banhado encontrado numa pescaria, e que já estaria morto. Disse ainda que fizeram a foto num momento de bobeira. O outro homem que aparece na foto confirmou essa versão que eu presumo ser verdadeira” disse a delegada.

Segundo ela muitos casos de maus-tratos surgem na delegacia de polícia, algumas denúncias anônimas, outras em que a pessoa se identifica e registra uma ocorrência, facilitando o trabalho por haver uma testemunha.

Muitos dos casos são de negligência, e a seguir são encaminhados ao Ministério Público que fica responsável pela condenação.

Fonte: Gazeta 670

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.