As polêmicas bezerradas chegam à Madri

As polêmicas bezerradas chegam à Madri

O PACMA divulgou um novo vídeo das atividades taurinas em Cercedilla como forma de preparação para a manifestação que aconteceu no começo de setembro na capital espanhola.

Tradução de Flavia Luchetti

A polêmica pela realização das bezerradas em diversas localidades espanholas parece não ter fim. O escândalo provocado pela apresentação de um vídeo em que se podia ver a extrema crueldade a que eram submetidos os jovens animais na localidade de Valmojado, em Toledo, não impediu que inúmeros municípios tivessem mantido as bezerradas com características muito parecidas em suas festividades de verão.

O partido animalista PACMA denunciou, também com base em um vídeo, as bezerradas de Cercedilla, Madri.

No caso denunciado o PACMA afirmou através de sua página no Facebook que “ficou claro como o grupo de jovens submeteram os animais a muita dor e sofrimento, sendo feridos e castigados até a morte por estes amadores”.

Espanha Madri polemicas bezerradas2

Os dados fornecidos pelo partido animalista mostram que em 2015 a Prefeitura de Cercedilla gastou 98 mil euros na realização de atividades taurinas.  Neste caso em particular o PACMA observa que a Prefeitura de Cercedilla é administrada pela Izquierda Unida (IU) e, portanto, reclama ao coordenador federal deste partido, Alberto Garzón, que “tome as medidas cabíveis para que os prefeitos da Izquierda Unida deixem de organizar festas em que se torturem animais”.

O PACMA aproveitou a divulgação deste novo vídeo para divulgar a manifestação Misión Abolición – Contra os Maus-tratos de Animais, que aconteceu no sábado dia 10 de setembro em Madri.

Fonte: La Vanguardia

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.