Associação denuncia envenenamento em massa de cães em Capelinha, MG

Associação denuncia envenenamento em massa de cães em Capelinha, MG
Pedaço de carne encontrado na calçada do Banco do Brasil na madrugada do dia 4/1 e um dos cachorros mortos por envenenamento (Foto: Divulgação/APCC)

A Associação de Proteção aos Cães de Capelinha (APCC) emitiu nota na manhã desta quinta-feira (12/1/2017) denunciando a indiscriminada matança de animais na cidade. Segundo a entidade, vários cachorros estão sendo encontrados mortos em diferentes pontos da cidade, por envenenamento, pois foram encontrados também pedaços volumosos de carne contendo substâncias suspeitas.

De acordo com a APCC, já foi encaminhado às autoridades de Capelinha um ofício com denúncias a respeito dos casos ocorridos. “Pedimos à população que denuncie qualquer ato ou material considerado suspeito, anotem placas, façam vídeos e fotos se possível e liguem para a APCC no número (33) 9 9155-3639. Sua identidade será preservada, a Associação irá levar as denúncias pessoalmente aos órgãos competentes.”, informa a nota enviada ao Aconteceu no Vale.

O envenenamento de animais é um crime na Lei de Crimes Ambientais. Nesta Lei consta que, quem praticar ato de abuso, maus tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos, nativos ou exóticos é penalizado com detenção de 3 meses a um ano e multa.

Ainda segundo a APCC, a Lei Municipal nº. 2007/2016, de 18 de agosto de 2016, dispõe sobre o Estatuto de Defesa, Controle e Proteção dos Animais no município de Capelinha/MG.

Video:

Fonte: Aconteceu no Vale 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.