Ataram e lançaram fogo a cadela. Os internautas entregaram-nos às autoridades

Ataram e lançaram fogo a cadela. Os internautas entregaram-nos às autoridades

Polícia espanhola partilhou fotografia do animal maltratado, apelando à colaboração de todos na “caça” aos responsáveis.

Com a ajuda dos utilizadores do Twitter, as autoridades de Osuna, município na província espanhola de Sevilha, conseguiram trazer justiça a “Kiara”, uma cadela cuja cabeça foi atada a uma roda e ateada. Os responsáveis pelas queimaduras significativas no animal foram, deste modo, localizados pela Guardia Civil.

A foto divulgada nessa rede social tem chocado alguns internautas, que questionam a necessidade de ferir as suas suscetibilidades. “Consciencializar toda a gente para este tipo de barbaridades” é a resposta dada pela polícia, que diz só assim conseguir atingir os seus objetivos.