Ativista convoca sociedade a debater experimentação com animais

Maurício analisa a importância da participação da sociedade no debate de temas como este, que muitas vezes se beneficia do desconhecimento e do silêncio da população. Para ele, é momento de se ampliar o debate, incluindo representações diversas da sociedade, dando transparência a esses tipos de experimentação, mostrando como é feita, e quais seus reais objetivos e sua validade científica.

Muitos cientistas defendem hoje que a experimentação animal como elemento de segurança para lançamento de produtos para humanos é desnecessária, e sem função objetiva, já que o teste em seres de espécies diferentes podem não ser confiáveis, afinal.

O ativista convoca a sociedade para aprofundar-se nesta questão, classifica que as grandes indústrias, ao afirmar que sem os testes em animais é impossível lançar produtos seguros, realizam chantagens emocionais. E defende que, na realidade, elas têm como motivação os lucros, uma vez que testes em animais saem mais barato do que aqueles feitos utilizando as novas tecnologias disponíveis.

O áudio da entrevista está disponível em http://goo.gl/BDTKoL