Ativista promove o Projeto Merenda Vegana em Santos/SP

Ativista promove o Projeto Merenda Vegana em Santos/SP

Por Erika Matzick

SP santos merenda vegana

“Feliz seria a terra se todos os seres estivessem unidos pelos laços da benevolência e só se alimentassem de alimentos sem derrame de sangue. Os dourados grãos, os reluzentes frutos e as saborosas ervas que nascem para todos, bastariam para alimentar e dar fartura ao mundo” (Siddharta Gautama)

O Projeto Merenda Vegana foi idealizado no ano de 2014 e a partir de janeiro de 2015 saiu do papel e tornou-se realidade! Está sendo desenvolvido em Santos/SP pela ativista vegana Erika Matzick, o projeto tem como principal objetivo restabelecer a saúde das crianças atendidas pela rede pública de ensino na Cidade de Santos, por meio de uma alimentação equilibrada, saudável e livre de todo e qualquer ingrediente de origem animal.

Porém o projeto não se limita somente à alimentação e traz às crianças, aos pais e funcionários das instituições escolares todo um conceito de que é possível ter uma vida 100% vegana, ou seja, podemos viver com uma excelente qualidade de vida sem que haja sacrifício e sofrimento dos animais.

Dieta vegana e seus benefícios

Atualmente existem inúmeras pesquisas relacionadas à alimentação vegana que comprovam que só há benefícios neste tipo de dieta. Essas pesquisas comprovam que somos exatamente o que comemos!

A Dra. Sônia T. Felipe, autora do livro Acertos Abolicionistas: A vez dos animais (2014), nos dá um ótimo conceito sobre dieta vegana e desmistifica a maioria das doenças consideradas hereditárias: “A dieta vegana, conforme comprovado pelos médicos do Comitê dos Médicos por uma Medicina Responsável (PCRM), doutores Neal Barnard, Caldweel Esslstyn, T. Collin Campbell e John McDougall, põe um fim à maior parte das mazelas e das doenças humanas crônicas não hereditárias, justamente aquelas erroneamente consideradas como “mal de família”.

O mal seguido por toda a família é a dieta padrão adotada por ela em todas as suas gerações. A epigenética é mais determinante desses males do que a genética. Hoje temos como doenças endêmicas da infância: obesidade, hipercolesterolemia, diabetes, hipertensão arterial e distúrbios de atenção, entre tantas outras. Todas sendo tratadas de maneira paliativa e ineficaz.

É preciso desanimalizar os hábitos alimentares humanos. É preciso compor um prato com este ingrediente: Luz do Sol, alimentos de todas as cores, vivos, carregados de fotossíntese realizada pelas plantas, sem a qual não há atividade vital de nenhuma matéria terráquea”.

Diretrizes do Projeto Merenda Vegana

– Garantir a oferta de merenda somente vegana, com gradual mudança para a total vegana;
– Reduzir os gastos com a alimentação tendo em contrapartida ganhos na saúde física, mental e emocional de funcionários, crianças e parentes das crianças;
– Verificar melhora na saúde física, emocional e mental das crianças;
– Oferecer conhecimento acerca da alimentação a toda à população;
– Fazer de Santos a primeira cidade a implementar uma alimentação 100% saudável nas suas creches, tendo em vista o bem-estar geral de seus munícipes.
– Atualmente a Creche Tia Edna abraça a idéia e se tornou a creche piloto para implementação do projeto. Ela atende 153 crianças nas idades entre 0 a 6 anos.

Caso tenha gostado da ideia, divulgue. Se quiser implementar em sua cidade entre em contato: [email protected] que teremos o imenso prazer em compartilhar as informações.

11016338 10202575721993362 2071781906 n

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.