Ativistas encorajam clientes das carruagens de cavalos do Central Park a descer e não pagar

Ativistas encorajam clientes das carruagens de cavalos do Central Park a descer e não pagar
Foto: Vídeo abc7

O debate sobre as carruagens puxadas por cavalos do Central Park, em Nova York, EUA, deu outra guinada. Ativistas dos direitos dos animais com a campanha ‘Esvaziem a Carruagem’ estão encorajando os clientes a descer, mas algumas pessoas chamam essa iniciativa de assédio.

“Eles tentarão dizer aos clientes que os animais sofrem abuso, ou que os cavalos estão trabalhando 14 horas por dia, ou que eles não são alimentados… todo tipo de coisa”, diz o condutor de uma carruagem, Gareth Smith.

“Então quando eles dizem aos clientes para ‘descerem e não pagarem’, eles não estão oferecendo dinheiro voluntariamente para manter os cavalos”, acrescentou Craig Shelton do Friends of NYC Carriage Horse (Amigos das Carruagens de Cavalos de NY).

‘Esvaziem as Carruagens’ defende a prática, em uma declaração escrita, dizendo:

“Esvaziem as carruagens está tendo um grande sucesso com nossas táticas de educar os turistas sobre a crueldade e o perigo inerentes à indústria de carruagens de cavalos de NY. Os condutores das carruagens nos acusam falsamente de ‘assediar’ esses turistas quando na realidade está claro que eles estão dispostos a sair dessa carruagem”.

“As crianças estavam olhando os cavalos, e nós estávamos nos certificando de que eles tinham água… É muito visível o fato que eles não estão estressados”, disse a turista Diana Heffernan.

O debate chega na época do ano em que os turistas fazem fila no Central Park por horas para experimentar o passeio emblemático de New York.

O grupo está planejando outro protesto no próximo dia 10, onde eles planejam formar uma ‘corrente humana’ perto da entrada do parque para apoiar os direitos dos animais.

Por Darla Miles / Tradução de Alice Wehrle Gomide

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.