PortoRico ativistas protecao animais H

Ativistas pedem ao governo de Porto Rico mais proteção para os animais

Tradução de Alice Wehrle Gomide

PortoRico ativistas protecao animais

Ativistas estão exigindo que o governo de Porto Rico eduque o público sobre os direitos dos animais após a comunidade ter sido listada como o território dos EUA que menos fornece proteção aos animais.

A Sociedade Protetora dos Animais dos EUA (HSUS) liberou um ranking dos estados e territórios com os melhores e piores padrões de bem-estar animal, e Porto Rico ficou em último lugar.

“Como alguém que protege e defende os direitos dos animais, eu me sinto muito frustrada com esse ranking”, Marjorie Andino Arenas, diretora do grupo de resgate Brownie Blondie Foundation, disse ao noticiário EFE.

A Califórnia teve o melhor ranking da HSUS na proteção animal em uma pesquisa com 88 critérios ligados à política pública sobre os animais.

Os critérios incluíram a imposição de multas pelos crimes, assim como brigas de galos, manter animais selvagens e perigosos como mascotes, confinamento extremo de animais de fazenda, e regulamentos sobre criação de cães.

Oregon estava em Segundo lugar no relatório da HSUS, enquanto Virginia e Massachusetts estavam empatados em terceiro lugar.

“Os Porto-riquenhos não entendem que um animal se torna parte de uma família”, Andino disse, acrescentando que as estatísticas levantadas pelos grupos de proteção animal mostraram que cerca de 300.000 cães abandonados vivem nas ruas da ilha.

O Ato 154 de 2008, conhecido como Ato de Bem-Estar e Proteção Animal, é a única lei em Porto Rico regulamentando o tratamento de animais na ilha, disseram os grupos de direitos dos animais.

Fonte: Latin American Herald Tribune

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.