Ativistas publicam imagens de ovelhas britânicas maltratadas durante tosquia

Ativistas publicam imagens de ovelhas britânicas maltratadas durante tosquia

Ativistas dos direitos dos animais publicaram imagens que mostram ovelhas sendo agredidas fisicamente em fazendas inglesas e escocesas enquanto eram tosquiadas.

A PETA Ásia compartilhou as imagens em seu site logo depois de realizar uma investigação secreta da indústria de tosquia de ovelhas no Reino Unido.

O jornal The Guardian informou que a filmagem foi parte de uma investigação mais ampla onde o grupo filmou os maus-tratos em 25 fazendas na Inglaterra e em 24 fazendas na Escócia.

No vídeo, os trabalhadores parecem gritar com os animais enquanto os chutam e golpeiam suas cabeças contra o chão.

Crueldade animal

Podemos ver outros trabalhadores batendo nas ovelhas com o cortador e empurrando suas botas em seus rostos e pescoços enquanto tentam se mexer durante o processo de corte, que às vezes é tão rude que os animais sangram.

A PETA enviou o vídeo. Também pediu a Lord Gardiner de Kimble e ao Ministro de Assuntos Rurais da Escócia, Mairi Gougeon, que colocassem câmeras de circuito interno de TV nas fazendas.

O vice-presidente de PETA Asia, Jason Baker, disse: “Estas novas imagens mostram claramente que a crueldade que filmamos está longe de ser uma anomalia, como a indústria gostaria de mostrar, e que mostra como funcionam as operações de tosquia e como tratam os animais. Todo cliente tem o direito de saber”.

Nirali Shah, uma ativista da PETA, disse ao The Guardian: “Descobrimos que as agressões foram similares em todas as fazendas que visitamos em todo o mundo. Temos visto de novo e de novo que cada vez que os animais são explorados com fins lucrativos, as coisas são feitas da forma mais fácil”.

Ela disse que esperava que a publicação dessas imagens ajudasse as pessoas a pensarem duas vezes antes de comprar lã. Ela acrescentou: “Transmitimos vários minutos mais de imagens. Com a temporada de compras natalinas, queremos mostrar aos consumidores uma visão geral do alcance desses maus-tratos. Não são somente alguns incidentes, mas sim a crueldade que as ovelhas enfrentam cada dia na indústria da lã”.

A SPCA escocesa disse ao jornal que tinha recebido o vídeo em outubro e irá investigar as fazendas.

Estúdio

Shah acredita que as câmeras de circuito fechado de TV instaladas nas fazendas de tosquia de ovelhas deveriam ser uma prática comum porque “o público britânico insistiu na transparência na forma como os animais são tratados”.

A British Wool, a União Camponesa de Gales (FUW), a União Nacional de Produtores Agrícolas (NFU), a NFU Cymru e a Associação Nacional de Ovelhas (NSA), emitiram uma declaração conjunta dizendo que a indústria leva muito a sério o cuidado com os animais e qualquer comportamento que esteja abaixo dessa norma não é tolerado.

“A tosquia é uma atividade absolutamente necessária para garantir que a lã possa ser retirada de maneira segura para proteger as ovelhas do estresse e das doenças. É um trabalho altamente qualificado, e a cada ano mais de mil pessoas em todas as partes do Reino Unido fazem um curso de capacitação de tosquia de dois dias, adaptado ao seu nível de experiência e habilidades”.

Tradução de Alice Wehrle Gomide

Fonte: Good Animal 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.