Ativistas querem proibir o carrossel com pôneis em festival de Natal na Alemanha

Ativistas querem proibir o carrossel com pôneis em festival de Natal na Alemanha
Foto: Archyde.com

Em Rerne, na Renânia do Norte-Vestfália, Alemanha, os portões da magia do Natal de Cranger foram abertos. Mas uma atração desencantou o festival, dizem muitos ativistas dos direitos dos animais. Porque na magia do Natal Cranger há um carrossel de pôneis. Lá as crianças podem andar em pôneis e burros. Os animais precisam trabalhar seis horas por dia, com apenas algumas pausas no meio do barulho e da luz do mercado de Natal. Os ativistas dos direitos dos animais não veem essa atitude como apropriada à espécie.

O consultório veterinário permitiu o carrossel de pôneis

No entanto, como relata a TV RTL, a petição não terá impacto na existência do carrossel. Foi o que disse um porta-voz da cidade de Herne. O hospedeiro do cavalo manteve as orientações e foi bom para todos os pôneis e burros na magia do Natal de Cranger, disse ele. Além disso, o consultório veterinário havia aprovado a montaria no pônei. Stefan Klippstein, ativista dos direitos dos animais, procurou a RTL em Herne sobre as circunstâncias em que os pôneis vivem no mercado de Natal. “Eles não são mantidos no estábulo local, mas simplesmente em uma barraca de festa em cercados de grades”, criticou.

Já existe uma petição contra o carrossel de pônei no Cranger Christmas Magic na plataforma Change.org, que foi assinada por mais de 27.000 pessoas. A autora, Sandra Budde, escreve: “Os cavalos não deveriam passar horas tropeçando em círculos para divertir as pessoas”. Budde não comparecerá ao Cranger Christmas Market este ano. “Infelizmente, esse mercado de Natal ficou completamente desencantado para mim pela ação do carrossel de pôneis”, ela escreve. Ela não queria apoiar o organizador do mercado de Natal em outras barracas com seu dinheiro. Ela também pede aos pais que eduquem seus filhos sobre por que eles não têm permissão para montar nos pôneis. “Não devemos permitir que nossos filhos cresçam com a suposição de que esses divertimentos são normais às custas dos animais”, ela escreve.

Podem ocorrer danos dolorosos nas articulações e vértebras

A organização de bem-estar animal Peta tem sido contra carrosséis de pôneis com animais vivos. No site, a organização sem fins lucrativos escreve que a suposta atração é “crueldade animal”. Porque a espinha e as patas dos animais não são projetadas para correr em círculos. Isso pode causar danos articulares e vertebrais dolorosos. Portanto, a Peta planeja todos os domingos, a partir de 1º de dezembro, se apresentar em frente ao carrossel de pôneis, informa a RTL.

Por Drbyos / Tradução de Maria Leticia Guerra Machado Coelho

Fonte: Archyde

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.