Atleta que corria maratona em prol do resgate de animais interrompe trajeto para salvar gato

Atleta que corria maratona em prol do resgate de animais interrompe trajeto para salvar gato
Foto: Reprodução/Sarah Bohan

No último domingo, centenas de pessoas se juntaram para correr na maratona em prol do resgate de animais. Entre elas estava Sarah Bohan. Mas naquele dia, Sarah fez mais do que apenas arrecadar fundos para pets necessitados. Na verdade, ela salvou a vida de um gato em perigo.

Ao se aproximar da reta final da corrida de mais de 40 km, Sarah estava no ritmo de seu melhor desempenho na maratona até o momento. Mas algo chamou sua atenção. “Por acaso, eu estava correndo do lado esquerdo da rua, perto da calçada, e entrei em um túnel”, disse ao The Dodo. “Notei um gato pequeno e fofo chorando e assustado na calçada.”

Apesar de saber que mesmo uma pausa momentânea colocaria em risco seu tempo recorde, ela parou para ajudar. “Eu nem pensei duas vezes e peguei o gato no colo”.

A partir daí, a prioridade da atleta foi o bem-estar do filhote de gato assustado. Ela diminuiu o passo para caminhar para que ele não fosse empurrado. “Aquele gato se tornou minha responsabilidade”, disse ela. “Eu precisava lhe dar o amor que ele merecia”.

Depois de caminhar com o gatinho nos braços por cerca de um quilômetro no percurso, Sarah chamou a atenção de vários espectadores na calçada. Na verdade, eles eram outros amantes dos animais, que se ofereceram para pegar o gatinho de suas mãos.

“Eu não os conhecia”, disse Sarah. “Eles simplesmente se apresentaram e disseram que tinham seus próprios gatos e que dariam amor a esse bebê. Confiei neles com base em nossa breve interação”.

De volta à maratona

Assim, depois de resgatar o gato e encontrar um lar para ele no meio de uma maratona, Sarah continuou seu caminho até a linha de chegada. Foi uma reviravolta inesperada para o dia, mas ela não gostaria que fosse de outra forma. “Eu estava apenas preocupada com o bem-estar desse gato e não iria correr até encontrar um lar para ele”, disse ela.

Embora a atleta não tenha trocado nenhuma informação com as pessoas que acolheram o gato, o abrigo PAWS Chicago fez uma atualização emocionante. “Adotante encontrado! Soubemos que o gatinho está se adaptando à sua nova casa e está indo muito bem”, escreveu o grupo de resgate.

Fonte: Tribuna de Jundiaí

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.