Atleta vegana Fiona Oakes critica exploração de cães na corrida de trenós de Iditarod, no Alaska

Atleta vegana Fiona Oakes critica exploração de cães na corrida de trenós de Iditarod, no Alasca

Uma corredora recordista mundial criticou uma corrida internacional nos EUA devido ao tratamento dispensado aos cães.

Fiona Oakes, maratonista e chefe do santuário de animais Tower Hill Stables, em Dengie, escreveu ao CEO da corrida anual Iditarod pedindo para que ele retire os cães da corrida de 1.600 quilômetros.

Descrita como a “última grande corrida da Terra”, a Iditarod envolve equipes de 14 cães que puxam trenós pelo Alasca ao longo de duas semanas. Mas o evento foi alvo de críticas do grupo de direitos dos animais PETA, que declarou que os cães sofrem por correrem longas distâncias.

A vegana Fiona apoiou a campanha ao escrever uma carta a Rob Urbach, do comitê Iditarod Trail, em uma tentativa de convencer os organizadores da corrida a darem uma “direção nova e humana” à competição.

Ela disse: “Patrocínios perdidos, reservas financeiras esgotadas e revelações severas mudaram irrevogavelmente as percepções em relação à corrida.

“Mas o mais significativo de tudo é a onda de oposição pública por forçarem os cães a percorrer grandes distâncias, às vezes às custas de suas vidas.

“Vocês podem transformar algo que é cada vez mais visto como um teste de tortura para cães em um evento de elite de classe mundial, simplesmente ao reinventar a Iditarod para que ela celebre o verdadeiro talento e resistência humanos.

“Ao substituir os cães por atletas de elite que demonstram suas próprias habilidades e resistência, a Iditarod atrairia um público novo e crescente, e pouparia os cães de uma vida de dor e miséria.

“Eu seria um dos muitos atletas ansiosos para participar de uma corrida tão revitalizada.”

O site da Iditarod diz que os cães recebem “cuidados exemplares”.

Fiona possui quatro recordes mundiais do Guinness e quatro recordes de maratona, completou a Marathon des Sables (Maratona das Areias) três vezes e venceu a Maratona de Gelo Antártica e a Maratona do Polo Norte.

Um filme intitulado Running For Good acompanha suas realizações.

Por Pape Gueye / Tradução de Alda Lima

Fonte: Maldon Standard

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.