Atriz e apresentadora causa revolta ao matar crocodilo de 60 anos e postar dizendo que precisava de uma bolsa nova

Atriz e apresentadora causa revolta ao matar crocodilo de 60 anos e postar dizendo que precisava de uma bolsa nova
A apresentadora e caçadora de animais Larysa Switlyk mostrando o crocodilo de 60 anos que abateu (Foto: Instagram)

A atriz e apresentadora Larysa Switlyk usou suas redes sociais para anunciar que matou um crocodilo de 60 anos para fazer uma bolsa, causando polêmica entre seus seguidores.

“Peço licença enquanto eu compro uma nova bolsa”, destacou a apresentadora em postagem no Instagram em que aparece ao lado do crocodilo capturado na Zâmbia. Larysa se tornou famosa ao apresentar o programa Unleashed Global Adventures, em que ela viaja pelo mundo caçando “troféus” em forma de animais abatidos.

A postagem da apresentadora fez com que seus seguidores entrassem em conflito, com alguns a apoiando pelo abate do crocodilo, enquanto outros a criticaram por isso. “Isso é a coisa mais linda que vi o dia inteiro. Isso é uma compra de bolsa em sua forma mais fina”, destacou um fã, enquanto outros usaram palavras como “abuso de animais” e “mulher desprezável” para falar sobre Larysa.

A apresentadora e caçadora de animais Larysa Switlyk (Foto: Instagram)
A apresentadora e caçadora de animais Larysa Switlyk (Foto: Instagram)

A apresentadora se defendeu, dizendo que abateu o crocodilo durante sua viagem à Zâmbia com o objetivo de salvar as vidas de moradores de uma vila local. “Alguns desses problemáticos crocodilos precisavam ser abatidos para salvar outras vidas humanas”, destacou Larysa. “Quando você vive em sua bolha e não precisa lidar com esses conflitos animais/humanos é difícil entender o motivo de pessoas caçarem esses animais”.

Mesmo após a defesa de Larysa, diversas entidades ligadas aos direitos animais se manifestaram contra a apresentadora. “Matar um animal por diversão e uma bola é moralmente indefensável e egoísta. Ela não pensou que esse crocodilo viver mais de cinco décadas e teve um papel vital no controle das espécies locais? Agora a área provavelmente é muito mais perigosa para as comunidades locais”, destacou o grupo XPose Trophy Hunting em seu Twitter.

Fonte: Monet


Nota do Olhar Animal: Chocam a futilidade da apresentadora e o especismo de quem vê o crocodilo apenas como uma engrenagem ambiental, e não com um ser senciente, com interesses próprios, individuais.

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.