Audiência pública sobre leishmaniose em Três Lagoas (MS) é transferida para 18 de dezembro

Por motivo de força maior, a audiência pública “Enfrentamento Técnico e Científico das Leishmanioses – O que deve ser melhorado”, que seria realizada, hoje (11), na Câmara Municipal de Três Lagoas foi transferida para a próxima quinta-feira, dia 18 de dezembro. O evento será às 19h, no plenário da Casa de Leis.

Entre as questões a serem debatidas, estão a necessidade ou não de eutanasiar os animais doentes e as possibilidades de tratamento, as formas de prevenção, entre outras. O objetivo é proporcionar, aos três-lagoenses, a possibilidade de tirar dúvidas, discutir e expor possíveis soluções acerca do tema que, segundo dados as Secretaria de Saúde de Três Lagoas, já levou ao sacrifício de aproximadamente 20 mil cães e vitimou diversos cidadãos.

O evento, no dia 18 de dezembro, terá início às 19h e está aberto aos profissionais da área veterinária e de saúde humana, assim como à população em geral. “Entendemos que a leishmaniose é uma questão de saúde pública e, por isso, temos que debatê-la até encontrarmos uma forma de enfrentamento que seja benéfica tanto aos animais quanto aos humanos”, avalia o vereador Beto Araujo.

A discussão é idealizada pelo vereador e realizada pela Câmara, em parceria com a Associação de Proteção aos Animais de Três Lagoas (Amemais).

Fonte: Jornal Dia Dia

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.