Vitória! Autoridades negam renovação de licença a zoológico onde morreram 500 animais

Autoridades negam renovação de licença a zoológico onde morreram 500 animais

Poucas coisas nos deixam mais felizes do que ver amantes de animais dedicados mudarem o mundo, e hoje nós estamos nas nuvens de alegria porque um zoológico horrível teve a renovação de licença negada graças à pressão pública!

O zoológico South Lakes Safari em Dalton, Cúmbria, na Inglaterra, está há tempos sob um fogo cruzado por negligência espantosa, maus-tratos e assassinato de animais inocentes. A Captive Animals’ Protection Society (Sociedade Protetora dos Animais em Cativeiro – CAPS) tem sido uma voz para os animais, investigando seriamente esse zoológico. Relatórios detalhando os eventos ocorridos no local são alguns dos mais terríveis e devastadores que nós já vimos.

Talvez a tragédia mais conhecida seja a morte da tratadora Sarah McClay, que foi atacada até a morte por um tigre. Apesar dos pedidos da sua família para que não matassem o tigre, o animal foi eutanasiado sem qualquer razão documentada.

Outros crimes chocantes de negligência incluem o eletrocutamento de uma tartaruga, um macaco-esquilo apodrecendo atrás de um radiador e dois leopardos-das-neves que foram encontrados parcialmente comidos! Provavelmente sofrendo de zoochosis, um jaguar mastigou sua própria pata! Além disso, sete filhotes de leão e cinco babuínos foram assassinados sem motivo algum além de falta de espaço no zoológico. Um rinoceronte foi esmagado até a morte e uma girafa foi morta após ter um colapso.

Outros crimes chocantes de negligência incluem o eletrocutamento de uma tartaruga, um macaco-esquilo apodrecendo atrás de um radiador e dois leopardos-das-neves que foram encontrados parcialmente comidos! Provavelmente sofrendo de zoochosis, um jaguar mastigou sua própria pata!  Além disso, sete filhotes de leão e cinco babuínos foram assassinados sem nenhuma razão além da falta de espaço no zoológico. Um rinoceronte foi esmagado até a morte e uma girafa foi morta depois de ter um colapso.

Essas informações desoladoras são apenas a ponta do iceberg. Em apenas quatro anos, entre 2013 e 2016, 486 animais inocentes morreram no zoológico South Lakes Safari. Representantes da CAPS dizem que os crimes são alguns dos piores casos de crueldade animal que eles viram em sessenta anos.

Felizmente, após as investigações da CAPS e pedidos persistentes de amantes dos animais preocupados, esse local terrível teve a sua licença de renovação negada. O governo local descreve o proprietário, David Gill, como “uma pessoa não adequada” para gerenciar o local e cuidar apropriadamente dos animais.

Embora essa seja uma grande vitória para os direitos dos animais, a luta ainda não acabou. Gill ainda tem a opção de apelar sobre a negação da sua licença. Apesar de nossos dedos estarem cruzados para que o governo continue trabalhando a favor de práticas humanas, nós ainda precisamos fazer com que ouçam nossa voz.

Por favor, compartilhe essa história com seus amigos e família e os encoraje a defender os animais de zoológicos!

Por Natasha Brooks / Tradução de Carla Lorenzatti Venturini

Fonte: One Green Planet 

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.