Autoridades polacas evitam afogamento de alce em Varsóvia

Na última quinta-feira, a polícia de Varsóvia foi surpreendida com uma operação pouco habitual. Os agentes foram contactados para retirar um alce de um dos parques da capital polaca. Um resgate normal, não fosse o animal de grande porte ter saltado para um lago durante o processo.

Ao chegar ao Parque Skaryszewski, no centro da cidade, os agentes deparam-se com o alce, que já tinha comido várias rosas, deitado na relva após a refeição.

As autoridades montaram um perímetro de segurança e procederam à retirada do animal.

O resgate conjunto da polícia polaca e do Departamento de Proteção Ambiental era simples: adormecer o animal, através de tranquilizantes, e transportá-lo para um local mais seguro.

Contudo, o alce não reagiu como esperado ao ser atingido por um dardo tranquilizante e acabou por saltar para dentro do lago.

O animal, já sob o efeito de tranquilizantes, começou a afogar-se, mas acabou por ser salvo por um dos agentes que, prontamente, saltou para a água.

O resgate ficou consumado momentos depois, quando o agente conseguiu arrastar o alce até à margem.

O animal de grande porte acabou por ser transportado para o Parque Nacional de Kampinos para recuperar e voltar a ser colocado em liberdade.

Os alces estão entre os maiores animais do hemisfério norte. Um macho adulto pode pesar mais de 600 kg, o que representa um perigo considerável.

Por Nuno Mandeiro

Fonte: TVI 24 / mantida a grafia lusitana original

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.