Aves silvestres são resgatadas de cativeiro no norte do Tocantins

Aves silvestres são resgatadas de cativeiro no norte do Tocantins

Foram mais de 30 pássaros apreendidos após uma denúncia anônima. Animais estavam em uma casa e o proprietário deve responder na Justiça.

TO araguaina frame2

TO araguaina gaiolasUma denúncia anônima levou à apreensão de mais de 30 pássaros nesta quarta-feira (1º), em Araguaína, no norte do Tocantins. No total, foram 24 gaiolas apreendidas. Segundo a Companhia Independente de Polícia Rodoviária Ambiental (Cipra), as aves estavam na casa de Hilário Dias da Silva, de 48 anos, localizada no setor Universitário.

“Fomos informados de que nesta casa havia essas aves silvestres em cativeiro, tanto nós quanto o Naturatins [Instituto Natureza do Tocantins]. Então decidimos ir até a residência e lá constatamos o fato”, explica o tenente Laesio dos Santos, da Cipra.

Além dos pássaros os policiais encontraram ninhos improvisados, cheios de ovos. Alguns animais ainda estavam presos dentro da armadilha utilizada na captura. Entre as espécies estão um papagaio e até um Galo de Campina, que está ameaçado de extinção.

A multa para esse crime ambiental pode variar de R$ 500 a R$ 5 mil por animal apreendido, dependendo da espécie. O proprietário da casa onde os pássaros foram encontrados terá que responder na Justiça. “Ele vai responder aqui os procedimentos e será multado”, acrescentou Laesio.

Hilário não quis gravar entrevista com a TV Anhanguera. Ele se apresentou na Delegacia de Plantão da Polícia Civil e será investigado por tráfico e comércio ilegal de animais silvestres.

TO araguaina frame

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.