Baleia de Bryde encalhou na praia da Galheta em Florianópolis, SC

Baleia de Bryde encalhou na praia da Galheta em Florianópolis, SC
Equipe da R3 Animal atuou durante três dias em Florianópolis para necropsia, coleta de dados biológicos e conhecimento da espécie (Foto: Comunicação/PMP-BS)

Um final de semana movimentado para a R3 Animal, responsável pelo Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) em Florianópolis. Na sexta-feira, 25 de novembro, turistas e guarda-vidas da Praia Mole, entraram em contato com a entidade e avisaram que havia uma baleia encalhada na praia da Galheta, ao leste da ilha. Uma equipe foi enviada até o local e constatou que era um animal da espécie Balaenoptera edeni, a Baleia-de-Bryde.

Esta é uma baleia ainda pouco conhecida em todo o mundo, apesar de sua distribuição ser ampla. A espécie é típica de águas tropicais e temperadas dos oceanos Atlântico, Pacífico e Índico. A Bryde que encalhou na Galheta era um macho juvenil com 11 metros de comprimento. A necropsia não identificou a causa da morte, que será apontada após os resultados dos exames laboratoriais, uma vez que a carcaça estava em avançado estado de decomposição.

Muito pouco se sabe sobre a Baleia de Bryde, motivo pelo qual a coleta de material biológico realizada pelo PMP-BS, contribui para determinar a causa da morte e entender o comportamento desta espécie, tamanho das populações, área de vida, padrões de deslocamento e longevidade.

Colaboração da comunidade

Todos os dias uma equipe da Associação R3 Animal, que atuam no Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos, percorrem as praias de Florianópolis a fim de monitorarem tartarugas, aves e mamíferos marinhos que estão debilitados ou mortos. A população ribeirinha é a principal aliada do projeto! Uma vez que pode acionar a equipe do PMP-BS através de ligação gratuita pelo 0800.642.3341.

O projeto

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural no Pólo Pré-Sal da Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama. Esse projeto tem como objetivo avaliar os possíveis impactos dessas atividades sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, através do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos mortos.

Por Ender Machado Monteiro

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.