Baleia desencalha e é monitorada por pesquisadores e ambientalistas

Baleia desencalha e é monitorada por pesquisadores e ambientalistas

Baleia Minke encalhou na tarde de quinta-feira, 6, no rio Marapanim. Animal apresentava ferimentos devido as dificuldades da região.

Uma baleia Minke (Baleanoptera acutorostrata) encalhou na tarde de quinta-feira (6) no rio Marapanim, próximo ao distrito de Marudá, em Marapanim, no nordeste do Pará. O animal ficou preso em um banco de areia, conseguindo depois se soltar.

Equipes do Ibama, Corpo de Bombeiros e especialistas do Museu Paraense Emílio Goeldi e Universidade Federal do Pará monitoram a baleia e identificaram que o animal apresentava ferimentos, aparentemente provocados pelas dificuldades encontradas no deslocamento.

As equipes que monitoram a baleia Minke acompanharam o animal até que ele deixasse a área de risco. As instituições envolvidas na força-tarefa de resgate da baleia permanecerão em estado de alerta durante o final de semana até se certificarem de que o animal se afastou definitivamente das áreas de risco de encalhe.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.