Base naval americana na Espanha é acusada de ‘desaparecimento’ de gatos

Base naval americana na Espanha é acusada de ‘desaparecimento’ de gatos

O grupo espanhol que luta pelos direitos dos animais, Siempre Contigo, está faz vários meses buscando explicações sobre as medidas tomadas em relação aos gatos de rua na Base Naval de Rota, na província espanhola de Cádiz.

Tradução de Pâmela Miler

A base conjunta dos Estados Unidos e da Espanha coloca armadilhas para os gatos de rua, cuja a multiplicação causou alguns danos à mesma. As armadilhas incluem avisos que advertem que quem tentar soltar os felinos infringirá as leis espanhola e americana.

A presidenta da Siempre Contigo, Carmen de los Santos, comentou que as pessoas que tentaram abrir as gaiolas para libertar os gatos receberiam consequências e os funcionários da base estão indignados.

Supõe-se que veterinários tratarão os animais, mas de acordo com o grupo ninguém sabe o que acontece com os felinos capturados. Por isso, há duas semanas é preparada uma petição para obter apoio à causa e já foram feitas mais de 500 assinaturas.

O grupo planeja uma reunião com os oficiais espanhóis da base, mas segundo informação do El Confidencial Digital os responsáveis pela proteção da fauna na base afirmaram que os animais “não são sacrificados”, porém se desconhece o destino final dos gatos.

Fonte: RT

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.