Batalhão Ambiental do AP resgata cães e gatos mantidos em gaiolas

Batalhão Ambiental do AP resgata cães e gatos mantidos em gaiolas
Ao total, 15 animais foram resgatados e 12 esperam abrigo (Fotos: Victor Hugo Fernandes/Arquivo Pessoal)

O Batalhão Ambiental resgatou na tarde de domingo (29), quase 20 animais que estavam sendo mantidos dentro de gaiolas no interior de uma casa, localizada no bairro Beirol, Zona Sul de Macapá. Além das condições desagradáveis, os bichos corriam riscos de morte sem água e alimentação, informaram os policiais.

A denúncia foi feita para a ONG Unidade de Proteção ao Animal “Costelinha” que repassou as informações para a polícia. Foram resgatados oito gatos, quatro cães, dois papagaios e um pombo, todos ariscos e dentro de gaiolas, informou a entidade.

Cães e gatos eram mantidos dentro de gaiolas

De acordo com o presidente da ONG, Victor Hugo Fernandes, a proprietária da casa, uma mulher de 80 anos, mora sozinha e resistiu a entrada da polícia. Segundo ele, a senhora apresenta sinais de doença mental e corre risco de ser indiciada por maus-tratos.

“Através de uma denúncia, nós da ONG entramos em contato com a polícia e fomos até a casa. No primeiro momento, a dona não quis que ninguém entrasse no local, mas pelo muro conseguimos ver os animais engaiolados”, destacou Victor Hugo.

Os cães e gatos resgatados vão passar por tratamento feito por voluntários da ONG e, em seguida, ficarão disponíveis para a adoção. Os animais silvestres ficaram sob responsabilidade do Batalhão Ambiental.

Por Jorge Abreu 

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.