Batalhão Ambiental resgata 10 animais na Baixada Cuiabana, MT

Durante patrulhamento terrestre e fluvial, em atendimento a chamados pelo 190, policiais do Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental resgataram dez animais silvestres em situação de abandono ou vivendo em condições impróprias. As ações ocorreram no ultimo fim de semana (17 e 18.09), em regiões ribeirinhas urbanas e rurais de Cuiabá, Várzea Grande e Santo Antônio de Leverger. 

No quintal de uma residência do Bairro Despraiado, em Cuiabá, foi capturada uma família de gambás, a mãe com três filhotes. Não se sabe como os animais chegaram ao local, porém moradores acionaram a Batalhão Ambiental informando a presença deles. Já no São João Del Rei, região do Coxipó, também em quintal, havia um tamanduá.

No Parque Atalaia uma espécie de iguana teve de ser socorrida e levada para o abrigo do Centro de Triagem e Tratamento do Batalhão. Em outro extremo da cidade, em um dos bairros mais nobre de Cuiabá, o Santa Rosa, ocorreu a captura de uma cobra caninana. Apesar de não ser venenosa, essa serpente corre o risco de ser morta, especialmente por ser uma espécie que intimida pelo tamanho (pode passar de 2,5 metros) e agilidade. 

Já na cidade de Santo Antônio de Leverger, em uma casa à margem do Rio Cuiabá, havia uma cobra da espécie Jibóia. Outros animais, sendo uma coruja e um urubu foram apreendidos em outras regiões.

Os animais estão sob cuidados do Batalhão em unidade mantida em parceria com a Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema) e deverão ser devolvidos à natureza quando estiverem em condições de sobreviver em habitat natural.

Fonte: Folhamax

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.